English-Video.net comment policy

The comment field is common to all languages

Let's write in your language and use "Google Translate" together

Please refer to informative community guidelines on TED.com

TEDWomen 2017

Joan Blades and John Gable: Free yourself from your filter bubbles

Joan Blades e John Gable: Liberte-se dos seus filtros bolha

Filmed:
1,218,771 views

Joan Blades e John Gable convidam-nos a fazer amigos com pessoas com ideologias políticas diferentes da nossa. Uma dupla de opositores políticos, os dois amigos de longa data sabem o valor de ter conversas honestas com pessoas com quem não estamos imediatamente de acordo. Juntem-se a eles e descubram como preencher as lacunas no entendimento entre pessoas em lados opostos do espetro político, criar oportunidades para compreensão e respeito mútuo e, quem sabe, amizades duradouras.

- Domestic peace advocate
Joan Blades shares a simple six-person conversation guide that helps people with differences get to know and even like each other. Full bio

- Technologist, activist
John Gable is the founder and CEO of AllSides.com, which builds better understanding across divides. Full bio

Joan Blades: Vocês têm amigos
de diferentes ideologias políticas?
00:12
JoanJoan BladesLâminas: Do you have
politicallypoliticamente diversediverso friendsamigos?
00:15
What do you talk about with them?
De que é que falam com eles?
00:18
I'm a progressiveprogressivo; I liveviver
in a townCidade fullcheio of progressivesprogressistas,
Eu sou progressista e moro
numa cidade cheia de progressistas,
00:20
and 15 yearsanos agoatrás, I didn't have
any conservativeconservador friendsamigos.
e há 15 anos, não tinha nenhum
amigo conservador.
Agora, tenho uma grande variedade
de amigos,
00:24
Now I have a wonderfulMaravilhoso mixmisturar of friendsamigos,
00:27
and they includeincluir JohnJohn.
incluindo o John.
John Gable: Eu não sou progressista.
00:29
JohnJohn GableGable: I am not a progressiveprogressivo.
Sou um republicano que cresceu
no seio de uma família republicana
00:31
I'm a RepublicanRepublicano who grewcresceu up
in a RepublicanRepublicano familyfamília
00:34
in the conservativeconservador SouthSul,
no Sul conservador,
e até colaborei com os republicanos
00:35
and even workedtrabalhou in RepublicanRepublicano politicspolítica,
locallylocalmente and at the nationalnacional levelnível.
a nível local e nacional.
00:39
But the last 24 yearsanos,
I've been in technologytecnologia
Porém, trabalho em tecnologia há 24 anos
e vivo numa área progressista,
00:42
and livingvivo in a very progressiveprogressivo areaárea.
00:44
So I have a lot of progressiveprogressivo friendsamigos,
por isso tenho muitos amigos
progressistas como a Joan.
00:46
includingIncluindo JoanJoan.
00:48
JBJB: I was bornnascermos in BerkeleyBerkeley, CaliforniaCalifórnia,
JB: Eu nasci em Berkeley, na Califórnia,
uma cidade universitária
notoriamente progressista...
00:51
a notoriouslynotoriamente progressiveprogressivo collegeFaculdade townCidade.
00:54
And I liveviver there now.
... onde continuo a viver.
00:56
In 1998, sixseis monthsmeses into the MonicaMonica
Lewinsky-ClintonClinton-Lewinsky impeachmentcassação scandalescândalo,
Em 1998, seis meses após ter rebentado
o escândalo Monika Lewinski-Clinton,
01:02
I helpedajudou cofoundcofound MoveOnMoveOn.orgorg
with a one-sentenceuma frase petitionpetição:
ajudei a fundar o movimento MoveOn.org
com uma petição de uma só frase.
"O congresso deve repreender
imediatamente o presidente
01:07
"CongressCongresso mustdevo immediatelyimediatamente
censurecensura the presidentPresidente
"e concentrar-se nos assuntos urgentes
que o país enfrenta."
01:10
and movemover on to pressingpressionando issuesproblemas
facingvoltado para the nationnação."
01:13
Now, that was actuallyna realidade
a very unifyingunificadora petitionpetição in manymuitos waysmaneiras.
Essa petição gerou muita unidade
de várias formas.
01:17
You could love ClintonClinton or hateódio ClintonClinton
Podíamos gostar de Clinton ou odiá-lo,
01:19
and agreeaceita that the bestmelhor thing
for the countrypaís was to movemover on.
mas estávamos de acordo que o melhor
para o país era seguir em frente.
Como líder do MoveOn,
vi a polarização continuar
01:23
As the leaderlíder of MoveOnMoveOn,
I saw the polarizationpolarização just continuecontinuar.
e dei por mim a pensar:
01:28
And I foundencontrado myselfEu mesmo wonderingperguntando
01:31
why I saw things so differentlydiferente
Porque é que eu via as coisas
de forma diferente
01:34
than manymuitos people
in other partspartes of the countrypaís.
de tanta gente
noutras partes do país?
01:36
So in 2005, when I had an opportunityoportunidade
to get togetherjuntos with grassrootsbase leaderslíderes
Por isso, em 2015,
quando tive a oportunidade
de me reunir com líderes locais
de vários partidos,
01:42
acrossatravés the politicalpolítico dividedividir,
01:45
I grabbedagarrou it.
agarrei-a.
01:47
And I becamepassou a ser friendsamigos with a lot of people
Fiquei amiga de muita gente,
com quem nunca tinha tido
oportunidade de conversar,
01:49
I never had a chancechance to talk to before.
01:53
And that includedincluído leadershipLiderança
in the ChristianCristão CoalitionCoalizão,
incluindo líderes da Coligação Cristã,
habitualmente considerada de direita,
01:56
oftenfrequentemente seenvisto as on the right
the way MoveOnMoveOn is seenvisto as on the left.
da mesma forma que MoveOn
é considerado de esquerda.
02:00
And this leadconduzir to me
showingmostrando up on CapitolCapitol HillHill
Isso levou-me ao Capitólio
na companhia de um dos líderes
da Coligação Cristã, e meu amigo,
02:04
with one of the ChristianCristão CoalitionCoalizão
leaderslíderes, my friendamigos,
para defender a neutralidade da Internet.
02:08
to lobbylobby for netlíquido neutralityneutralidade.
02:10
That was powerfulpoderoso.
Isso teve muita força
e toda a gente reparou em nós.
02:11
We turnedvirou headscabeças.
02:13
So this work was transformationaltransformacional for me.
Esse trabalho transformou-me.
02:17
And I foundencontrado myselfEu mesmo wonderingperguntando:
Fez-me pensar se seria possível
dar a oportunidade
02:20
How could vastgrande numbersnúmeros of people
have the opportunityoportunidade
a pessoas de diferentes ideologias,
de criarem empatia umas com as outras.
02:24
to really connectconectar with people
that have very differentdiferente viewsvisualizações?
02:28
JGJG: I was bornnascermos OneidaOneida, TennesseeTennessee,
JG: Eu nasci em Oneida, no Tennessee,
02:31
right acrossatravés the stateEstado borderfronteira
from a smallpequeno coalcarvão miningmineração townCidade,
na fronteira estadual com a pequena
cidade mineira de Stearns, no Kentucky.
02:35
StearnsStearns, KentuckyKentucky.
02:37
And I livedvivia there
for the first fewpoucos yearsanos of my life,
Vivi lá até me mudar para outra
pequena cidade, Frankfort, no Kentucky.
02:39
before movingmovendo-se to anotheroutro smallpequeno townCidade,
FrankfortFrankfort, KentuckyKentucky.
Basicamente, cresci na América profunda,
altamente conservadora.
02:42
BasicallyBasicamente, I grewcresceu up
in small-towncidade pequena AmericaAmérica,
02:44
conservativeconservador at its heartcoração.
02:46
Now, StearnsStearns and BerkeleyBerkeley --
they're a little differentdiferente.
Como podem imaginar, Stearns e Berkeley
são um pouco diferentes.
02:50
(LaughterRiso)
(Risos)
02:53
So in the '90s I movedse mudou out westoeste
to a progressiveprogressivo areaárea
Nos anos 90, mudei-me para uma região
progressista no Oeste
para trabalhar em tecnologia.
02:57
to work in technologytecnologia --
02:58
workedtrabalhou at MicrosoftMicrosoft, workedtrabalhou at NetscapeNetscape.
Trabalhei na Microsoft e na Netscape.
03:00
I actuallyna realidade becamepassou a ser the productprodutos managerGerente leadconduzir
for NetscapeNetscape NavigatorNavigator,
Fui gestor de conta do Netscape Navigator,
o primeiro navegador conhecido.
03:04
the first popularpopular webrede browserNavegador.
03:06
Now in the earlycedo daysdias of the internetInternet,
Nos primórdios da Internet,
tínhamos uma visão que nos inspirava.
03:08
we were just movedse mudou
and inspiredinspirado by a visionvisão:
Quando estivéssemos todos
interligados, no mundo inteiro,
03:11
when we're connectedconectado to all
these differentdiferente people around the worldmundo
com acesso a tantas ideias,
íamos tomar melhores decisões
03:14
and all these differentdiferente ideasidéias,
03:16
we'llbem be ablecapaz to make great decisionsdecisões,
e dar valor à incrível diversidade
que o mundo tem para nos oferecer.
03:17
and we'llbem be ablecapaz to appreciateapreciar eachcada other
03:20
for the beautifulbonita diversitydiversidade
that the wholetodo worldmundo has to offeroferta.
Porém, num discurso que eu fiz há 20 anos,
disse que talvez não fosse assim,
03:23
Now I alsoAlém disso, 20 yearsanos agoatrás, gavedeu a speechdiscurso
03:24
sayingdizendo it mightpoderia not work out that way,
que talvez fôssemos levados
a descriminarmo-nos de novas formas.
03:27
that we mightpoderia actuallyna realidade be trainedtreinado
to discriminatediscriminar againstcontra eachcada other
03:31
in newNovo waysmaneiras.
03:34
So what happenedaconteceu?
O que é que aconteceu?
03:36
It's not like we just wokeacordou up one day
and decideddecidiu to hateódio eachcada other more.
Não acordámos um dia
decididos a odiar-nos ainda mais.
03:40
Here'sAqui é what happenedaconteceu.
O que aconteceu foi isto.
03:42
There's just too much noisebarulho --
too manymuitos people, too manymuitos ideasidéias --
Há demasiado ruído,
muitas pessoas, muitas ideias,
por isso usamos a tecnologia
para filtrar um pouco.
03:45
so we use technologytecnologia
to filterfiltro it out a little bitpouco.
03:47
And what happensacontece?
Qual é o resultado?
Só nos chegam ideias
com as quais estamos de acordo,
03:49
It letsvamos in ideasidéias I already agreeaceita with.
03:52
It letsvamos in the popularpopular ideasidéias,
ideias convencionais e pessoas como nós
que pensam como nós.
03:54
it letsvamos in people just like me
who think just like me.
03:56
That soundssoa kindtipo of good, right?
Isso parece bom, não parece?
Não necessariamente,
03:58
Well, not necessarilynecessariamente,
porque acontecem duas coisas
muito assustadoras
04:01
because two very scaryassustador things happenacontecer
04:04
when we have suchtal narrowlimitar worldviewsvisões de mundo.
quando temos uma visão
tão limitada do mundo.
04:06
First, we becometornar-se more extremeextremo
in our beliefscrenças.
Primeiro, as nossas opiniões
radicalizam-se.
04:11
SecondSegundo, we becometornar-se lessMenos toleranttolerante a falhas
of anybodyqualquer pessoa who'squem é differentdiferente than we are.
Segundo, somos menos tolerantes
com quem é diferente.
Já viram isto em algum lado?
04:18
Does this soundsom familiarfamiliar?
04:20
Does this soundsom like modernmoderno AmericaAmérica?
The modernmoderno worldmundo?
Na América atual?
No mundo atual?
04:24
Well, the good newsnotícia is
that technologytecnologia is changingmudando,
A boa notícia é que a tecnologia está
a mudar e pode mudar para melhor.
04:26
and it could changemudança for the better.
Foi por isso que fundei a AllSides.com.
04:28
And that's, in factfacto,
why I startedcomeçado AllSidesAllSides.comcom --
Para desenvolver tecnologia e serviços
que nos libertem destes filtros bolha.
04:31
to createcrio technologiestecnologias and servicesServiços
to freelivre us from these filterfiltro bubblesbolhas.
04:35
The very first thing we did was createcrio
technologytecnologia that identifiesIdentifica biasviés,
Primeiro, criámos tecnologia
que identifica a parcialidade,
para podermos mostrar
diferentes perspetivas lado a lado
04:38
so we could showexposição differentdiferente
perspectivesperspectivas sidelado by sidelado
04:42
to freelivre us from the filterfiltro
bubblesbolhas of newsnotícia mediameios de comunicação.
e escapar aos filtros
da comunicação social.
04:46
And then I metconheceu JoanJoan.
E depois conheci a Joan.
JB: Eu conheci o John
nos arredores de Washington, DC,
04:49
JBJB: So I metconheceu JohnJohn outsidelado de fora
of WashingtonWashington, DCDC,
04:52
with an idealisticidealista groupgrupo
of cross-partisanCruz-partidária bridgeponte buildersconstrutores,
num grupo idealista
de conciliadores multipartidários,
cuja intenção é reconstruir
a base das nossas comunidades.
04:58
and we wanted to re-weaveRe-tecer
the fabrictecido of our communitiescomunidades.
05:02
We believe that our differencesdiferenças
can be a strengthforça,
Acreditamos que as nossas diferenças
nos tornam mais fortes,
que os nossos valores se complementam
05:06
that our valuesvalores can be complimentarycortesia
e que temos de pôr fim às hostilidades
05:09
and that we have to overcomesuperar the fightluta
para conseguirmos respeitar
os valores de todos,
05:12
so that we can honorhonra everyone'stodos valuesvalores
05:14
and not loseperder any of our ownpróprio.
sem perdermos os nossos.
Foi num belo passeio com o John
que ele me falou do seu trabalho
05:17
I wentfoi for this wonderfulMaravilhoso walkandar with JohnJohn,
05:19
where I startedcomeçado learningAprendendo
about the work he was doing
para rebentar a bolha de filtros.
05:21
to piercePierce the filterfiltro bubblebolha.
Foi potente.
A ideia era brilhante.
05:23
It was powerfulpoderoso;
05:25
it was brilliantbrilhante.
05:27
LivingVivendo in separateseparado narrativesnarrativas is not good.
Viver em narrativas separadas não é bom.
É impossível ter uma conversa
ou colaborar para resolver problemas,
05:30
We can't even have a conversationconversação
or do collaborativecolaborativo problem-solvingresolução de problemas
05:34
when we don't sharecompartilhar the samemesmo factsfatos.
quando não temos acesso aos mesmos factos.
05:38
JGJG: So one thing you take away from todayhoje
JG: Portanto a lição de hoje é,
05:40
is if JoanJoan BladesLâminas askspergunta you
to go on a walkandar,
se a Joan vos convidar para um passeio,
aceitem o convite.
05:43
go on that walkandar.
05:44
(LaughterRiso)
(Risos)
05:45
It changedmudou things. It really changedmudou
the way I was thinkingpensando about things.
Esse passeio mudou profundamente
o meu raciocínio.
05:49
To freelivre ourselvesnós mesmos from the filterfiltro bubblesbolhas,
Para nos libertarmos de bolhas,
não basta pensar em filtros de informação.
05:51
we can't just think about
informationem formação filterfiltro bubblesbolhas,
Temos de pensar também em filtros
sociais e de relações.
05:54
but alsoAlém disso relationshiprelação
and socialsocial filterfiltro bubblesbolhas.
05:56
You see, we humanhumano beingsseres -- we're not
nearlypor pouco as smartinteligente as we think we are.
Nós, os seres humanos,
não somos tão inteligentes como pensamos.
As nossas decisões
raramente são racionais.
06:00
We don't generallygeralmente make
decisionsdecisões intellectuallyintelectualmente.
São emocionais, intuitivas,
06:02
We make them emotionallyemocionalmente, intuitivelyintuitivamente,
06:04
and then we use our biggrande oldvelho brainscérebro
e depois usamos o nosso pobre cérebro
para as racionalizar.
06:06
to rationalizeracionalizar anything
we want to rationalizeracionalizar.
06:08
We're not really like VulcansVulcanos
like MrSenhor deputado. SpockSpock,
Não somos vulcanos como o Mr. Spock.
06:12
we're more like boldnegrito cowboyscowboys
like CaptainCapitão KirkKirk,
Somos mais "cowboys" intrépidos,
como o Capitão Kirk,
06:15
or passionateapaixonado idealistsidealistas like DrDr. McCoyMcCoy.
ou idealistas impetuosos como o Dr. McCoy.
06:19
OK, for those of y'alltodos vocês who preferpreferem
the newNovo "StarEstrela TrekTrek" crewequipe técnica,
Para os que preferem o elenco
da nova série, aqui está.
06:22
here you go.
(Risos)
06:23
(LaughterRiso)
JB: Não se esqueçam das mulheres fortes.
06:24
JBJB: Don't forgetesqueço the strongForte womenmulheres!
06:26
JGJG: Come on, strongForte womenmulheres. OK.
JG: Aqui estão elas.
JB: Muito bem.
06:28
JBJB: All right.
06:29
JohnJohn and I are bothambos "StarEstrela TrekTrek" fansfãs.
Adoramos a "Guerra das Estrelas".
06:31
What's not to love about a futurefuturo
with that kindtipo of optimismotimismo?
É difícil não gostar
de um futuro tão otimista.
06:36
JGJG: And havingtendo a good futurefuturo in mindmente
is a biggrande dealacordo -- very importantimportante.
JG: Aspirar a um bom futuro
é muito importante.
06:40
And understandingcompreensão what the problemproblema is
is very importantimportante.
Perceber o que nos impede de lá chegar
também o é, mas não chega.
06:42
But we have to do something.
O que é que temos de fazer?
Não é complicado.
06:44
So what do we do?
06:45
It's actuallyna realidade not that hardDifícil.
Precisamos de diversidade na nossa vida,
06:46
We have to addadicionar diversitydiversidade to our livesvidas --
06:48
not just informationem formação,
but relationshiprelação diversitydiversidade.
não só de informação,
mas também de relações.
06:52
And by diversitydiversidade,
I mean biggrande "D" diversitydiversidade,
Diversidade com "D" maiúsculo,
06:54
not just racialracial and gendergênero,
whichqual are very importantimportante,
não apenas de raça e de género,
que são importantes,
mas também...
06:57
but alsoAlém disso ...
... diversidade etária, com jovens
e idosos, rural e urbana,
06:59
diversitydiversidade of ageera, like youngjovem and oldvelho;
07:02
ruralrural and urbanurbano;
07:04
liberalliberal and conservativeconservador;
liberais e conservadores.
07:07
in the US, DemocratDemocrata and RepublicanRepublicano.
Nos EUA,
Democratas e Republicanos.
07:10
Now, one of the great examplesexemplos
of somebodyalguém freeingliberando themselvessi mesmos
Um ótimo exemplo de alguém
que se libertou das suas bolhas filtro
07:13
from theirdeles filterfiltro bubblesbolhas
e que tem uma vida com mais
diversidade, é a Joan.
07:14
and gettingobtendo a more diversediverso life
07:16
is, onceuma vez again, nextPróximo to me -- JoanJoan.
07:19
JBJB: So the questionquestão is:
JB: A questão é,
07:21
Who amongentre you has had
relationshipsrelacionamentos lostperdido or harmedprejudicado
quem é que já perdeu
ou prejudicou relações,
07:25
duevencimento to differencesdiferenças in politicspolítica,
religionreligião or whatevertanto faz?
por divergências políticas,
religiosas, ou de outro tipo?
Levantem o braço.
07:29
RaiseAumento your handsmãos.
07:31
Yeah.
Este ano, tenho falado com imensa gente
07:33
This yearano I have talkedfalou to so manymuitos people
07:35
that have experiencedcom experiência that kindtipo of lossperda.
que passou por esta situação.
Vi pessoas com lágrimas nos olhos
07:41
I've seenvisto tearslágrimas well up in people'spovos eyesolhos
as they talk about familyfamília membersmembros
quando falavam de familiares
de quem estão afastados.
07:45
from whomo qual they're estrangeddistante.
As "Salas de Conversa" foram pensadas
07:48
LivingVivendo RoomQuarto ConversationsConversas were designedprojetado
para começar a sarar
divergências políticas e pessoais.
07:51
to begininício to healcurar politicalpolítico
and personalpessoal differencesdiferenças.
07:57
They're simplesimples conversationsconversas
São simples conversas
07:59
where two friendsamigos with differentdiferente
viewpointspontos de vista eachcada inviteconvite two friendsamigos
em que dois amigos convidam dois amigos
com pontos de vista diferentes,
para uma conversa estruturada,
com regras simples que todos respeitam.
08:04
for structuredestruturada conversationconversação,
08:05
where everyone'stodos agreedacordado
to some simplesimples groundchão rulesregras:
08:08
curiositycuriosidade, listeningouvindo,
respectrespeito, takinglevando turnsgira --
Curiosidade, ouvir atentamente,
ter respeito, não interromper.
08:12
everything we learnedaprendido
in kindergartenjardim de infância, right?
Aquilo que aprendemos no infantário.
Muito fácil.
08:14
Really easyfácil.
08:16
So by the time you're talkingfalando about
the topictema you've agreedacordado to talk about,
Assim, quando chega a hora
de ter a conversa que combinámos ter,
existe uma empatia entre as pessoas,
que as leva a prestar atenção.
08:20
you actuallyna realidade have the sensesentido that,
08:22
"You know, I kindtipo of like this personpessoa,"
08:24
and you listen to eachcada other differentlydiferente.
Isto faz parte da condição humana.
Ouvimos aqueles de quem gostamos.
08:26
That's kindtipo of a humanhumano conditioncondição;
08:28
we listen differentlydiferente
to people we careCuidado about.
E depois podemos refletir
08:31
And then there's reflectionreflexão
e talvez dar os passos seguintes.
08:33
and possiblypossivelmente nextPróximo stepspassos.
Trata-se de praticar ouvir atentamente,
não é um debate.
08:36
This is a deepprofundo listeningouvindo practiceprática;
08:38
it's never a debatedebate.
Isso causa um grande impacto.
08:41
And that's incrediblyincrivelmente powerfulpoderoso.
08:43
These conversationsconversas
in our ownpróprio livingvivo roomsquartos
Estas conversas nas nossas salas
com pessoas com outros pontos de vista,
08:47
with people who have differentdiferente viewpointspontos de vista
08:50
are an incredibleincrível adventureaventura.
são uma aventura incrível.
08:52
We rediscoverredescobrir a that we can respectrespeito
and even love people
Descobrimos que podemos respeitar
e até gostar de pessoas
08:55
that are differentdiferente from us.
diferentes de nós.
Isso é potente.
08:58
And it's powerfulpoderoso.
09:01
JGJG: So, what are you curiouscurioso about?
JG: O que é que vos desperta curiosidade?
09:04
JBJB: What's the conversationconversação
you yearnansiar to have?
JB: Qual é a conversa
que desejariam ter?
JG: Vamos fazê-lo juntos.
09:07
JGJG: Let's do this togetherjuntos.
Juntos?
09:09
TogetherJuntos.
09:10
JBJB: Yes.
JB: Sim.
(Risos)
09:11
(LaughterRiso)
09:12
(ApplauseAplausos)
(Aplausos)
09:15
JBJB and JGJG: Thank you.
- Obrigado
- Obrigada.
Translated by Sofia Areias
Reviewed by Margarida Ferreira

▲Back to top

About the speakers:

Joan Blades - Domestic peace advocate
Joan Blades shares a simple six-person conversation guide that helps people with differences get to know and even like each other.

Why you should listen

Joan Blades is a co-founder of LivingRoomConversations.org, an open-source effort to rebuild respectful civil discourse across ideological, cultural and party lines while embracing our core-shared values. She is also a co-founder of MomsRising.org and MoveOn.org. She is a co-author of The Custom-Fit Workplace: Choose When, Where and How to Work and Boost Your Bottom Line, winner of a Nautilus book award in 2011, and The Motherhood Manifesto, which won the Ernesta Drinker Ballard Book Prize in 2007.

Last century, Blades was a software entrepreneur, a co-founder of Berkeley Systems, best known for the Flying Toaster and the game "You Don't Know Jack." A mediator (attorney) by training and inclination, she is a nature lover, artist and true believer in the power of citizens and our need to rebuild respectful civil discourse while embracing our core shared values.

More profile about the speaker
Joan Blades | Speaker | TED.com
John Gable - Technologist, activist
John Gable is the founder and CEO of AllSides.com, which builds better understanding across divides.

Why you should listen

John Gable offers a unique combination of technology and politics. He started in tech 24 years ago by joining the original Microsoft Office team, then became the PM team lead for Netscape Navigator. He also led ZoneAlarm at Check Point Software, and cofounded and sold Kavi Corp. Gable was previously a Republican operative, working for three Senate majority leaders (Howard Baker, Trent Lott, Mitch McConnell), the Republican National Committee and George H.W. Bush.

Now Gable and his multi-partisan AllSides.com team use technology to present news and issues from many angles to allow people to make up their own minds. Their mission: "free people from filter bubbles so they can better understand the world and each other."

More profile about the speaker
John Gable | Speaker | TED.com