English-Video.net comment policy

The comment field is common to all languages

Let's write in your language and use "Google Translate" together

Please refer to informative community guidelines on TED.com

TED2015

Lucianne Walkowicz: Let's not use Mars as a backup planet

Lucianne Walkowicz: Não vamos usar Marte como um planeta reserva

Filmed:
2,149,539 views

Astrônoma eminente e Bolsista TED Senior, Lucianne Walkowicz trabalha na missão Kepler da NASA, em busca de lugares no universo que possam abrigar a vida. Então, vale a pena ouvir quando ela nos pede para pensarmos cuidadosamente sobre Marte. Nesta curta palestra, ela sugere que paremos de sonhar com Marte como um lugar para o qual, por fim, iremos nos mudar quando bagunçarmos a Terra, e comecemos a pensar em exploração planetária e preservação da Terra como dois lados de um mesmo objetivo. Como ela diz: "Quanto mais procuramos planetas como a Terra, mais apreciamos o nosso próprio planeta".

- Stellar astronomer
Lucianne Walkowicz works on NASA's Kepler mission, studying starspots and "the tempestuous tantrums of stellar flares." Full bio

Estamos num ponto de inflexão
na história da humanidade,
00:12
We're at a tipping point in human history,
uma espécie dividida
entre ganhar as estrelas
00:15
a species poised between gaining the stars
and losing the planet we call home.
e perder o planeta que chamamos de lar.
00:21
Even in just the past few years,
we've greatly expanded
Mesmo apenas nos últimos anos,
temos expandido muito
nosso conhecimento sobre como a Terra
se encaixa no contexto de nosso universo.
00:24
our knowledge of how Earth fits
within the context of our universe.
A missão Kepler da NASA descobriu
00:28
NASA's Kepler mission has discovered
milhares de potenciais planetas
em torno de outras estrelas,
00:31
thousands of potential planets
around other stars,
indicando que a Terra é apenas um
dos bilhões de planetas na nossa galáxia.
00:34
indicating that Earth is but one
of billions of planets in our galaxy.
Kepler é um telescópio espacial
00:38
Kepler is a space telescope
que mede a perda sutil de brilho
de estrelas quando planetas,
00:40
that measures the subtle dimming of stars
as planets pass in front of them,
ao passar na frente delas, bloqueiam
um pouco da passagem dessa luz.
00:44
blocking just a little bit
of that light from reaching us.
Dados do Kepler revelam
tamanhos de planetas
00:47
Kepler's data reveals planets' sizes
bem como a distância deles
de sua estrela-mãe.
00:50
as well as their distance
from their parent star.
Isso somado nos ajuda a entender
se esses planetas são pequenos e rochosos,
00:53
Together, this helps us understand
whether these planets are small and rocky,
como os planetas terrestres
do nosso próprio Sistema Solar,
00:57
like the terrestrial planets
in our own Solar System,
00:59
and also how much light they receive
from their parent sun.
e também a calcular a quantidade de luz
que recebem do seu sol-mãe.
01:03
In turn, this provides clues as to whether
these planets that we discover
Por sua vez, nos fornece pistas
se estes planetas descobertos
são habitáveis ou não.
01:06
might be habitable or not.
Infelizmente, ao mesmo tempo
que estamos descobrindo este tesouro
01:09
Unfortunately, at the same time
as we're discovering this treasure trove
de mundos potencialmente habitáveis,
01:13
of potentially habitable worlds,
nosso próprio planeta está se curvando
sob o peso da humanidade.
01:15
our own planet is sagging
under the weight of humanity.
O ano de 2014 foi
o mais quente já registrado.
01:19
2014 was the hottest year on record.
Geleiras e gelo marinho
que têm estado conosco há milênios
01:23
Glaciers and sea ice that have
been with us for millennia
agora estão desaparecendo
em questão de décadas.
01:26
are now disappearing
in a matter of decades.
Estas mudanças ambientais
em escala planetária causadas por nós
01:29
These planetary-scale environmental
changes that we have set in motion
estão ultrapassando rapidamente
a nossa capacidade de alterar seu curso.
01:35
are rapidly outpacing our ability
to alter their course.
Mas não sou cientista do clima,
sou astrônoma.
01:39
But I'm not a climate scientist,
I'm an astronomer.
Estudo a habitabilidade planetária
sendo influenciada por estrelas
01:43
I study planetary habitability
as influenced by stars
com a esperança de encontrar
lugares no universo
01:46
with the hopes of finding
the places in the universe
onde possamos descobrir
vida além de nosso próprio planeta.
01:48
where we might discover
life beyond our own planet.
Pode-se dizer que procuro por opções
no mercado imobiliário alienígena.
01:51
You could say that I look for
choice alien real estate.
(Risos)
01:55
Now, as somebody who is deeply embedded
in the search for life in the universe,
Como alguém profundamente interessada
na busca por vida no universo,
posso dizer a vocês que, quanto mais
procuramos planetas como a Terra,
02:00
I can tell you that the more
you look for planets like Earth,
mais apreciamos o nosso próprio planeta.
02:03
the more you appreciate
our own planet itself.
Cada um desses novos mundos
convida a uma comparação
02:07
Each one of these new worlds
invites a comparison
entre o planeta recém-descoberto
e os planetas que conhecemos melhor:
02:09
between the newly discovered planet
and the planets we know best:
aqueles do nosso próprio Sistema Solar.
02:13
those of our own Solar System.
Consideremos o nosso vizinho Marte.
02:15
Consider our neighbor, Mars.
Marte é pequeno e rochoso e, embora
esteja um pouco distante do Sol,
02:17
Mars is small and rocky,
and though it's a bit far from the Sun,
seria considerado um mundo
potencialmente habitável
02:21
it might be considered
a potentially habitable world
se encontrado por uma missão como Kepler.
02:23
if found by a mission like Kepler.
Na verdade, é possível que Marte
tenha sido habitável no passado,
02:25
Indeed, it's possible that Mars
was habitable in the past,
e, em parte, é por isso
que estudamos Marte tanto assim.
02:29
and in part, this is why
we study Mars so much.
Nossos "rovers", como o "Curiosity",
rastejam sobre sua superfície,
02:32
Our rovers, like Curiosity,
crawl across its surface,
buscando pistas sobre as origens
da vida como a conhecemos.
02:36
scratching for clues as to the origins
of life as we know it.
Orbitais, como a missão MAVEN
colhem amostras da atmosfera marciana,
02:39
Orbiters like the MAVEN mission
sample the Martian atmosphere,
tentando entender como Marte pode
ter perdido sua antiga habitabilidade.
02:42
trying to understand how Mars
might have lost its past habitability.
Agora, empresas privadas
oferecem voos espaciais
02:46
Private spaceflight companies now offer
not just a short trip to near space
não apenas para uma curta viagem
ao espaço próximo
02:51
but the tantalizing possibility
of living our lives on Mars.
mas a possibilidade tentadora
de vivermos em Marte.
02:54
But though these Martian vistas
Muito embora estas vistas de Marte
02:56
resemble the deserts
of our own home world,
assemelhem-se aos desertos
do nosso próprio planeta,
02:59
places that are tied in our imagination
to ideas about pioneering and frontiers,
lugares associados, em nossa imaginação,
a ideias de pioneirismo e fronteiras,
comparado com a Terra
03:04
compared to Earth
Marte é um lugar
bem terrível para se viver.
03:06
Mars is a pretty terrible place to live.
Considerem as áreas
que deixamos de colonizar,
03:09
Consider the extent to which
we have not colonized
os desertos do nosso planeta,
03:13
the deserts of our own planet,
lugares que são exuberantes
comparados a Marte.
03:15
places that are lush
by comparison with Mars.
Mesmo nos lugares mais secos
e mais altos da Terra,
03:17
Even in the driest,
highest places on Earth,
o ar é doce e denso com oxigênio
03:20
the air is sweet and thick with oxygen
exalado por nossas florestas tropicais
a milhares de quilômetros de distância.
03:23
exhaled from thousands of miles away
by our rainforests.
Eu me preocupo com que esta excitação
quanto a colonizar Marte e outros planetas
03:27
I worry -- I worry that this excitement
about colonizing Mars and other planets
traga consigo uma dúvida longa e sombria:
03:33
carries with it a long, dark shadow:
a conclusão e crença de alguns
03:36
the implication and belief by some
de que Marte estará lá para nos salvar
da destruição autoinfligida
03:38
that Mars will be there to save us
from the self-inflicted destruction
do único planeta que conhecemos
que é verdadeiramente habitável, a Terra.
03:42
of the only truly habitable planet
we know of, the Earth.
Por mais que eu ame
a exploração interplanetária,
03:46
As much as I love
interplanetary exploration,
discordo profundamente dessa ideia.
03:48
I deeply disagree with this idea.
Há muitas razões excelentes
para ir a Marte,
03:50
There are many excellent reasons
to go to Mars,
mas afirmar que Marte estará lá
como uma "reserva" para a humanidade
03:53
but for anyone to tell you that Mars
will be there to back up humanity
é como imaginar o capitão do Titanic
dizendo que a verdadeira festa
03:57
is like the captain of the Titanic
telling you that the real party
04:00
is happening later on the lifeboats.
acontecerá mais tarde,
nos botes salva-vidas.
(Risos)
04:02
(Laughter)
(Aplausos)
04:05
(Applause)
Obrigada.
04:08
Thank you.
Mas as metas de exploração interplanetária
e preservação planetária
04:11
But the goals of interplanetary
exploration and planetary preservation
não são opostas uma à outra.
04:14
are not opposed to one another.
Elas são, na verdade,
dois lados do mesmo objetivo:
04:17
No, they're in fact two sides
of the same goal:
compreender, preservar
e melhorar a vida no futuro.
04:19
to understand, preserve
and improve life into the future.
Os ambientes inóspitos do nosso mundo
são paisagens alienígenas.
04:23
The extreme environments
of our own world are alien vistas.
Eles estão apenas mais perto de nós.
04:28
They're just closer to home.
Se pudermos entender como criar
e manter espaços habitáveis
04:29
If we can understand how to create
and maintain habitable spaces
nos espaços hostis e inóspitos
aqui na Terra,
04:34
out of hostile, inhospitable
spaces here on Earth,
talvez possamos atender às necessidades
de preservação do nosso meio ambiente
04:37
perhaps we can meet the needs
of both preserving our own environment
04:40
and moving beyond it.
e nos mover para além dele.
Deixo vocês com um experimento
mental: o paradoxo de Fermi.
04:43
I leave you with a final
thought experiment:
04:45
Fermi's paradox.
04:47
Many years ago, the physicist Enrico Fermi
asked that, given the fact
Muitos anos atrás,
o físico Enrico Fermi perguntou:
dado o fato de que nosso universo
existe há um longo tempo
04:52
that our universe has been around
for a very long time
e esperamos que existam
muitos planetas nele,
04:54
and we expect that there
are many planets within it,
já deveríamos ter encontrado provas
para a vida alienígena.
04:57
we should have found evidence
for alien life by now.
Então, onde elas estão?
05:00
So where are they?
Bem, uma solução possível
ao paradoxo de Fermi
05:02
Well, one possible solution
to Fermi's paradox
é que, quando civilizações se tornam
tecnologicamente avançadas o bastante
05:06
is that, as civilizations become
technologically advanced enough
para considerar viver entre as estrelas,
05:09
to consider living amongst the stars,
elas perdem a noção do quanto é importante
05:11
they lose sight of how important it is
proteger os planetas de origem
que promoveram o avanço inicial.
05:14
to safeguard the home worlds that fostered
that advancement to begin with.
05:18
It is hubris to believe
that interplanetary colonization alone
É arrogância acreditar que apenas
a colonização interplanetária
nos salvará de nós mesmos,
05:23
will save us from ourselves,
mas a preservação planetária
e a exploração interplanetária
05:25
but planetary preservation
and interplanetary exploration
podem caminhar juntas.
05:28
can work together.
Se realmente acreditamos
na nossa capacidade
05:30
If we truly believe in our ability
de subjugar os ambientes hostis
de Marte para a ocupação humana,
05:32
to bend the hostile environments of Mars
for human habitation,
então devemos ser capazes de superar
a tarefa muito mais fácil de preservar
05:36
then we should be able to surmount
the far easier task of preserving
a habitabilidade da Terra.
05:39
the habitability of the Earth.
Obrigada.
05:41
Thank you.
05:42
(Applause)
(Aplausos)
Translated by Maricene Crus
Reviewed by Raissa Mendes

▲Back to top

About the speaker:

Lucianne Walkowicz - Stellar astronomer
Lucianne Walkowicz works on NASA's Kepler mission, studying starspots and "the tempestuous tantrums of stellar flares."

Why you should listen

Lucianne Walkowicz is an Astronomer at the Adler Planetarium in Chicago. She studies stellar magnetic activity and how stars influence a planet's suitability as a host for alien life. She is also an artist and works in a variety of media, from oil paint to sound. She got her taste for astronomy as an undergrad at Johns Hopkins, testing detectors for the Hubble Space Telescope’s new camera (installed in 2002). She also learned to love the dark stellar denizens of our galaxy, the red dwarfs, which became the topic of her PhD dissertation at University of Washington. Nowadays, she works on NASA’s Kepler mission, studying starspots and the tempestuous tantrums of stellar flares to understand stellar magnetic fields. She is particularly interested in how the high energy radiation from stars influences the habitability of planets around alien suns. Lucianne is also a leader in the Large Synoptic Survey Telescope, a new project that will scan the sky every night for 10 years to create a huge cosmic movie of our Universe.

More profile about the speaker
Lucianne Walkowicz | Speaker | TED.com