English-Video.net comment policy

The comment field is common to all languages

Let's write in your language and use "Google Translate" together

Please refer to informative community guidelines on TED.com

TEDSalon Berlin 2014

Daria van den Bercken: Why I take the piano on the road ... and in the air

Daria van den Bercken: Porque é que levei o piano para a rua... e pelo ar

Filmed
Views 919,299

A pianista Daria van den Bercken apaixonou-se pela música barroca de teclado de Georg Friedrich Händel. Agora pretende desencadear essa paixão nos outros. Nesta palestra, arrasta-nos pela montanha russa emocional da sua música — navegando com o seu piano pelo ar, conduzindo-o pela rua e, claro, tocando no palco.

- Pianist
Daria van den Bercken has played piano with major Dutch orchestras, and performed many a recital in her country’s famed concert halls. But her larger vision is to bring classical music to the masses. Full bio

00:17
RecentlyRecentemente, I flewvoou over a crowdmultidão
Há pouco tempo, sobrevoei uma multidão
00:19
of thousandsmilhares of people in BrazilBrasil
de milhares de pessoas no Brasil,
00:21
playingjogando musicmúsica by GeorgeGeorge FridericFrideric HandelHandel.
a tocar música de Georg Friedrich Händel.
00:25
I alsoAlém disso drovedirigiu alongao longo the streetsruas of AmsterdamAmsterdam,
Também percorri as ruas de Amsterdão,
00:28
again playingjogando musicmúsica by this samemesmo composercompositor.
de novo a tocar música
do mesmo compositor.
00:31
Let's take a look.
Vejam.
(Música: "Allegro", de Händel)
00:34
(MusicMúsica: GeorgeGeorge FridericFrideric HandelHandel, "AllegroAllegro."
PerformedRealizada by DariaDaria vanfurgão denDen BerckenBercken.)
(Vídeo) Daria: Eu vivo ali
no terceiro andar.
00:53
(VideoVídeo) DariaDaria vanfurgão denDen BerckenBercken: I
liveviver there on the thirdterceiro floorchão.
00:55
(In DutchHolandês) I liveviver there on the cornercanto.
Vivo ali à esquina.
Vivo mesmo ali, à esquina.
00:57
I actuallyna realidade liveviver there, around the cornercanto.
Seriam bem-vindos.
00:59
and you'dvocê gostaria be really welcomebem vinda.
Homem: Gostas desta música?
Criança: Gosto!
01:01
Man: (In DutchHolandês) Does that soundsom like funDiversão?
ChildCriança: (In DutchHolandês) Yes!
01:03
[(In DutchHolandês) "HandelHandel housecasa concertshow"]
[Sala de Concertos Händel]
(Aplausos)
01:28
(ApplauseAplausos)
(Aplausos)
01:40
DariaDaria vanfurgão denDen BerckenBercken: All this was a realreal
Tudo isto foi uma experiência mágica
01:42
magicalmágico experienceexperiência for hundredscentenas of reasonsrazões.
por centenas de razões.
01:45
Now you maypode askpergunte, why have I donefeito these things?
Podem perguntar porque é que eu fiz isto.
01:48
They're not really typicaltípica for a musician'sdo músico
Não são muito vulgares
na vida diária dos músicos.
01:50
day-to-daydia a dia life.
Bem, fiz isto porque
me apaixonei pela música
01:52
Well, I did it because I fellcaiu in love with the musicmúsica
01:56
and I wanted to sharecompartilhar it with as manymuitos people
e queria partilhá-la
com o maior número possível de pessoas.
01:59
as possiblepossível.
02:01
It startedcomeçado a couplecasal of yearsanos agoatrás.
Começou há uns anos.
02:03
I was sittingsentado at home on the couchsofá with the flugripe
Estava em casa, deitada no sofá, com gripe
02:07
and browsingnavegação the InternetInternet a little,
e a navegar um pouco na Internet,
02:09
when I foundencontrado out that HandelHandel had writtenescrito workstrabalho
quando descobri que Händel
tinha escrito obras para teclado.
02:12
for the keyboardteclado.
02:14
Well, I was surprisedsurpreso. I did not know this.
Fiquei admirada. Não sabia disso.
02:16
So I downloadedbaixado the sheetFolha musicmúsica and startedcomeçado playingjogando.
Descarreguei a partitura
e comecei a tocar.
02:21
And what happenedaconteceu nextPróximo was
Aconteceu que entrei
02:22
that I enteredentrou this stateEstado of purepuro,
neste estado de assombro puro
e sem preconceitos.
02:26
unprejudicedsem preconceitos amazementespanto.
02:29
It was an experienceexperiência
Foi uma experiência
de ficar totalmente encantada com a música.
02:31
of beingser totallytotalmente in awetemor of the musicmúsica,
02:34
and I had not feltsentiu that in a long time.
Não tinha essa sensação há muito tempo.
02:38
It mightpoderia be easierMais fácil to relaterelacionar to this when you hearouvir it.
Será mais fácil entender isso
quando a ouvirem.
02:42
The first piecepeça that I playedreproduziu throughatravés
A primeira obra que toquei
02:46
startedcomeçado like this.
começava assim.
(Música)
02:49
(MusicMúsica)
03:14
Well this soundssoa very melancholicmelancólico, doesn't it?
Isto tem um som muito melancólico,
não tem?
03:18
And I turnedvirou the pagepágina and what cameveio nextPróximo
Virei a página
e o que veio a seguir foi isto.
03:21
was this.
(Música)
03:23
(MusicMúsica)
03:50
Well, this soundssoa very energeticenergético, doesn't it?
Isto tem um som muito enérgico, não tem?
03:54
So withindentro a couplecasal of minutesminutos,
Portanto, no espaço de poucos minutos
— e a peça ainda não chegou ao fim —
03:57
and the piecepeça isn't even finishedacabado yetainda,
03:59
I experiencedcom experiência two very contrastingcontrastando characterspersonagens:
experimentei duas sensações
muito contrastantes:
04:03
beautifulbonita melancholymelancolia and sheerpuro energyenergia.
uma melancolia muito bela
e uma energia profunda.
Considero que estes dois elementos
04:07
And I considerconsiderar these two elementselementos to be
são expressões humanas vitais.
04:09
vitalvital humanhumano expressionsexpressões.
A pureza da música faz com que a oiçamos
04:12
And the puritypureza of the musicmúsica makesfaz com que you hearouvir it
04:14
very effectivelyefetivamente.
de forma muito eficaz.
04:19
I've givendado a lot of children'scrianças concertsconcertos
Dei muitos concertos para crianças.
04:22
for childrencrianças of sevenSete and eightoito yearsanos oldvelho,
para crianças de sete e oito anos de idade.
04:25
and whatevertanto faz I playToque, whetherse it's BachBach, BeethovenBeethoven,
Tocasse o que tocasse,
fosse Bach, Beethoven,
04:29
even StockhausenStockhausen,
ou mesmo Stockhausen,
04:30
or some jazzyjazzístico musicmúsica,
ou música de "jazz",
04:33
they are openaberto to hearouvir it,
elas estão abertas a ouvi-la,
querem mesmo escutá-la.
04:35
really willingdisposto to listen,
04:37
and they are comfortableconfortável doing so.
Sentem-se bem nisso.
Quando vêm turmas
04:40
And when classesclasses come in
04:42
with childrencrianças who are just a fewpoucos yearsanos olderMais velho,
de crianças um pouco mais velhas,
04:45
11, 12, I feltsentiu that I sometimesas vezes already had troubleproblema
de 11 ou 12 anos,
sinto por vezes que já é mais difícil
04:50
in reachingalcançando them like that.
chegar até elas da mesma forma.
04:52
The complexitycomplexidade of the musicmúsica does becometornar-se an issuequestão,
A complexidade da música
torna-se um problema,
04:56
and actuallyna realidade the opinionsopiniões of othersoutras
e, na verdade, as opiniões de outrém
— pais, amigos, "media" —
começam a ter importância.
05:00
parentsparentes, friendsamigos, mediameios de comunicação — they startcomeçar to countcontagem.
Mas os mais jovens,
não questionam as suas opiniões.
05:04
But the youngjovem onesuns, they don't questionquestão
05:07
theirdeles ownpróprio opinionopinião.
Estão sempre num estado
constante de maravilha.
05:10
They are in this constantconstante stateEstado of wondermaravilha,
05:13
and I do firmlyfirmemente believe that we can keep listeningouvindo
Creio firmemente
que podemos continuar a ouvir
como aquelas crianças de sete anos,
05:17
like these seven-year-oldsete-ano-velha childrencrianças,
05:19
even when growingcrescendo up.
mesmo depois de crescermos.
É por isso que toquei
05:22
And that is why I have playedreproduziu
05:24
not only in the concertshow hallcorredor
não só na sala de concertos
05:26
but alsoAlém disso on the streetrua, onlineconectados, in the airar:
mas também na rua, "online", no ar:
05:30
to feel that stateEstado of wondermaravilha,
para sentir esse estado de maravilha,
para escutar de verdade
05:33
to trulyverdadeiramente listen,
05:35
and to listen withoutsem prejudicepreconceito.
e escutar sem preconceitos.
05:39
And I would like to inviteconvite you
Queria convidar-vos
05:41
to do so now.
a fazer o mesmo, agora.
(Música: Händel, "Chaconne em Sol maior")
05:50
(MusicMúsica: GeorgeGeorge FridericFrideric HandelHandel, "ChaconneChacona in G MajorPrincipais."
PerformedRealizada by DariaDaria vanfurgão denDen BerckenBercken.)
(Aplausos)
09:17
(ApplauseAplausos)
Obrigada.
09:23
Thank you.
(Aplausos)
09:25
(ApplauseAplausos)

▲Back to top

About the speaker:

Daria van den Bercken - Pianist
Daria van den Bercken has played piano with major Dutch orchestras, and performed many a recital in her country’s famed concert halls. But her larger vision is to bring classical music to the masses.

Why you should listen

Pianist Daria van den Bercken makes classical music lovers — and those who had no idea that they appreciated this kind of music — listen to classic composers with fresh ears. She has played with the Rotterdam Philharmonic Orchestra, the Arnhem Philharmonic Orchestra and the Radio Philharmonic Orchestra, and is a regular guest at the Concertgebouw Amsterdam. But it’s bringing classic music to unexpected audiences where her passion engages.

While sick with the flu several years ago, Daria discovered the keyboard compositions of George Frideric Handel. She wanted to bring these beautiful works to the masses. With her project ‘Handel at the Piano,’ she played these pieces in unexpected places — even flying with her piano 25-feet over the audience at the Virada Cultural Festival in São Paulo, Brazil. Through a series of concerts, and an album, she asked audiences to rethink Handel.

Daria’s latest project is 'Keys to Mozart,' an effort to breathe new life into Mozart’s piano works. She is preparing to record an album for Sony Classical and will play a series of concerts too.

More profile about the speaker
Daria van den Bercken | Speaker | TED.com