English-Video.net comment policy

The comment field is common to all languages

Let's write in your language and use "Google Translate" together

Please refer to informative community guidelines on TED.com

TEDWomen 2015

Mia Birdsong: The story we tell about poverty isn't true

Mia Birdsong: A história que contamos sobre a pobreza não é verdade

Filmed:
1,704,974 views

Enquanto comunidade global, todos queremos acabar com a pobreza. Mia Birdsong sugere um ótimo lugar para começar: vamos honrar as capacidades, a motivação e a iniciativa que as pessoas pobres trazem para a sua luta diária. Mia pede-nos para olharmos outra vez para as pessoas que estão na pobreza: elas podem não ter dinheiro — mas isso não quer dizer que não sejam ricas... por dentro.

- Family activist
Mia Birdsong advocates for strong communities and the self-determination of everyday people. Full bio

00:12
For the last 50 yearsanos,
Durante os últimos 50 anos,
00:15
a lot of smartinteligente, well-resourceddotada people --
some of you, no doubtdúvida --
muitas pessoas inteligentes
e com acesso a recursos
— alguns de vocês, sem dúvida —
00:20
have been tryingtentando to figurefigura out
how to reducereduzir povertypobreza
têm tentado descobrir
como reduzir a pobreza
nos Estados Unidos da América.
00:23
in the UnitedUnidos StatesEstados-Membros.
00:26
People have createdcriada and investedinvestido
millionsmilhões of dollarsdólares
Já se criaram e investiram
milhões de dólares
00:30
into non-profitsem fins lucrativos organizationsorganizações
em organizações sem fins lucrativos
00:32
with the missionmissão of helpingajudando
people who are poorpobre.
com a missão de ajudar
as pessoas que são pobres.
Criaram-se grupos de reflexão
00:36
They'veEles já createdcriada think tankstanques
00:38
that studyestude issuesproblemas like educationEducação,
jobtrabalho creationcriação and asset-buildingconstrução de ativos,
que estudam questões como a educação,
a criação de empregos e de ativos
00:43
and then advocateddefendeu for policiespolíticas to supportApoio, suporte
our mosta maioria marginalizedmarginalizados communitiescomunidades.
e defenderam-se políticas de apoio
para as nossas comunidades
mais marginalizadas.
Escreveram-se livros e artigos,
00:48
They'veEles já writtenescrito bookslivros and columnscolunas
and givendado passionateapaixonado speechesdiscursos,
e fizeram-se discursos apaixonados
00:52
decryingdesacreditando the wealthriqueza gapgap
that is leavingdeixando more and more people
condenando a disparidade de riqueza
que tem deixado cada vez mais pessoas
00:56
entrenchedentrincheirado at the bottominferior endfim
of the incomerenda scaleescala.
presas na base da escala de rendimentos.
Esse esforçou ajudou.
01:00
And that effortesforço has helpedajudou.
Mas não é suficiente.
01:02
But it's not enoughsuficiente.
As nossas taxas de pobreza
não mudaram muito nos últimos 50 anos,
01:04
Our povertypobreza ratestaxas haven'tnão tem changedmudou
that much in the last 50 yearsanos,
desde que se iniciou
a Luta Contra a Pobreza.
01:07
sinceDesde a the WarGuerra on PovertyPobreza was launchedlançado.
Estou aqui para dizer-vos
01:10
I'm here to tell you
01:12
that we have overlookednegligenciado
the mosta maioria powerfulpoderoso and practicalprático resourcerecurso.
que não temos considerado
o recurso mais prático e poderoso.
Aqui está:
01:18
Here it is:
01:20
people who are poorpobre.
as pessoas que são pobres.
Lá em cima no canto superior esquerdo
estão a Giovana, a Sintia e a Bertha.
01:23
Up in the left-handmão esquerda cornercanto
is JobanaJobana, SintiaSintia and BerthaBertha.
Conheceram-se
quando tinham filhos pequenos,
01:27
They metconheceu when they all had smallpequeno childrencrianças,
01:29
throughatravés a parentingser pai classclasse
at a familyfamília resourcerecurso centercentro
através de uma aula para pais,
num centro de recursos familiares
em São Francisco.
01:32
in SanSan FranciscoFrancisco.
Enquanto cresciam juntas como
mães e amigas,
01:34
As they grewcresceu togetherjuntos
as parentsparentes and friendsamigos,
conversavam sobre
como é difícil ganhar dinheiro
01:38
they talkedfalou a lot about how hardDifícil it was
01:40
to make moneydinheiro when your kidsfilhos are little.
quando se tem filhos pequenos.
01:42
ChildCriança careCuidado is expensivecaro,
Os infantários são caros,
mais do que ganhariam num emprego.
01:44
more than they'deles earnGanhe in a jobtrabalho.
01:46
TheirSeus husbandsmaridos workedtrabalhou,
Os maridos trabalhavam,
01:47
but they wanted to contributecontribuir
financiallyfinanceiramente, too.
mas elas também queriam
contribuir financeiramente.
01:49
So they hatchedhachurada a planplano.
Então criaram um plano.
01:51
They startedcomeçado a cleaninglimpeza businesso negócio.
Começaram um negócio de limpezas.
01:54
They plasteredgessada neighborhoodsbairros with flyersfolhetos
Cobriram vários bairros com panfletos
01:56
and handedentregue businesso negócio cardscartões out
to theirdeles familiesfamílias and friendsamigos,
e entregaram cartões de trabalho
a amigos e família.
01:59
and soonem breve, they had clientsclientes callingligando.
Pouco depois, já tinham clientes.
02:01
Two of them would cleanlimpar \ limpo
the officeescritório or housecasa
Duas delas limpavam a casa ou o escritório
02:04
and one of them would watch the kidsfilhos.
e a terceira ficava com as crianças.
02:06
They'dEles seria rotaterodar who'dquem iria cleanedlimpo
and who'dquem iria watch the kidsfilhos.
Alternavam entre elas quem
limpava e quem vigiava os miúdos.
02:09
(LaughsRisos) It's awesomeimpressionante, right?
É incrível, não é?
02:11
(LaughterRiso)
(Risos)
02:12
And they splitDividido the moneydinheiro threetrês waysmaneiras.
E dividiam o dinheiro pelas três.
02:14
It was not a full-timetempo total gigGig,
Não era um trabalho a tempo inteiro,
02:16
no one could watch
the little onesuns all day.
Ninguém podia ficar
com os pequenos o dia todo.
02:18
But it madefeito a differencediferença
for theirdeles familiesfamílias.
Mas fez a diferença para as famílias.
Dinheiro extra para pagar as contas
02:22
ExtraExtra moneydinheiro to paypagamento for billscontas
when a husband'smarido work hourshoras were cutcortar.
quando as horas de trabalho
do marido eram reduzidas.
02:27
MoneyDinheiro to buyComprar the kidsfilhos clothesroupas
as they were growingcrescendo.
Dinheiro para comprar roupa
para os miúdos à medida que cresciam.
02:30
A little extraextra moneydinheiro in theirdeles pocketsbolsos
Um dinheirinho extra no bolso
02:32
to make them feel some independenceindependência.
para fazê-las sentir-se independentes.
02:34
Up in the top-rightsuperior direito cornercanto
is TheresaTheresa and her daughterfilha, BriannaBrianna.
No canto superior direito
estão a Theresa e a filha, Brianna.
02:39
BriannaBrianna is one of those kidsfilhos
A Brianna é uma daquelas crianças
02:40
with this sparklybrilhante, infectiousinfecciosas,
outgoingsaída personalitypersonalidade.
que tem uma personalidade forte,
vivaz e contagiante.
Por exemplo, quando a Rosie,
02:45
For exampleexemplo, when RosieRosie,
02:47
a little girlmenina who spokefalou only SpanishEspanhol,
movedse mudou in nextPróximo doorporta,
uma menina que só falava espanhol,
se mudou para a casa ao lado,
02:50
BriannaBrianna, who spokefalou only EnglishInglês,
a Brianna, que só falava inglês,
02:52
borrowedPeguei emprestado her mother'smãe tabletTablet
and foundencontrado a translationtradução appaplicativo
usou o "tablet" da mãe para encontrar
uma aplicação de tradução
02:56
so the two of them could communicatecomunicar.
para que as duas pudessem comunicar.
02:58
(LaughterRiso)
Espantoso, não é?
02:59
I know, right?
03:00
Rosie'sRosie está familyfamília creditscréditos BriannaBrianna
with helpingajudando RosieRosie to learnaprender EnglishInglês.
A família da Rosie agradece a Brianna
por ajudar a Rosie a aprender inglês.
Há uns anos,
03:05
A fewpoucos yearsanos agoatrás,
a Brianna começou a ter dificuldades
a nível académico.
03:07
BriannaBrianna startedcomeçado to struggleluta academicallyacademicamente.
Começou a ficar frustrada,
retraiu-se um pouco
03:10
She was growingcrescendo frustratedfrustrado
and kindtipo of withdrawnretirado
e portava-se mal nas aulas.
03:14
and actingagindo out in classclasse.
A mãe dela ficou de coração partido
ao ver o que se passava.
03:17
And her mothermãe was heartbrokencom o coração partido
over what was happeningacontecendo.
Depois descobriram que ela
teria que repetir o segundo ano
03:21
Then they foundencontrado out that she was going
to have to repeatrepetir secondsegundo gradegrau
e a Brianna ficou destroçada.
03:24
and BriannaBrianna was devastateddevastado.
03:27
Her mothermãe feltsentiu hopelesssem esperança
and overwhelmedsobrecarregado and alonesozinho
A mãe sentia-se impotente,
sobrecarregada e sozinha
porque sabia que a filha não estava
a receber o apoio que precisava,
03:32
because she knewsabia that her daughterfilha
was not gettingobtendo the supportApoio, suporte she needednecessário,
e não sabia como ajudá-la.
03:35
and she did not know how to help her.
Numa tarde, a Theresa estava
a conversar com um grupo de amigas,
03:37
One afternoontarde, TheresaTheresa was catchingcaptura up
with a groupgrupo of friendsamigos,
e uma delas disse:
03:41
and one of them said,
"Theresa, como é que estás?"
03:42
"TheresaTheresa, how are you?"
E ela desfez-se em lágrimas.
03:45
And she burstexplosão into tearslágrimas.
Depois de ter partilhado a sua história,
uma das amigas disse:
03:47
After she sharedcompartilhado her storyhistória,
one of her friendsamigos said,
"Sabes, passei exatamente pelo mesmo
com o meu filho o ano passado."
03:51
"I wentfoi throughatravés the exactexato samemesmo thing
with my sonfilho about a yearano agoatrás."
Nesse momento, a Theresa apercebeu-se
de que grande parte da sua luta
03:54
And in that momentmomento,
03:55
TheresaTheresa realizedpercebi
that so much of her struggleluta
03:57
was not havingtendo anybodyqualquer pessoa
to talk with about it.
era não ter ninguém com
quem falar sobre o assunto.
Então ela criou um grupo
de apoio para pais como ela.
04:00
So she createdcriada a supportApoio, suporte groupgrupo
for parentsparentes like her.
O primeiro encontro foi
ela e mais duas pessoas.
04:05
The first meetingencontro was her
and two other people.
Mas através do "passa-a-palavra",
04:08
But wordpalavra spreadespalhar, and soonem breve
20 people, 30 people
pouco depois apareceram 20, 30 pessoas
04:11
were showingmostrando up for these
monthlypor mês meetingsreuniões that she put togetherjuntos.
para os encontros mensais
que ela organizava.
Deixou de sentir-se impotente
04:14
She wentfoi from feelingsentindo-me helplessindefeso
e apercebeu-se do que
era capaz de apoiar a filha,
04:17
to realizingpercebendo how capablecapaz she was
of supportingde apoio her daughterfilha,
com o apoio de outras pessoas
04:20
with the supportApoio, suporte of other people
who were going throughatravés the samemesmo struggleluta.
que estavam a passar
pela mesma adversidade.
04:24
And BriannaBrianna is doing fantasticfantástico --
she's doing great academicallyacademicamente
E agora Brianna está fantástica,
está a sair-se bem
academicamente e socialmente.
04:27
and sociallysocialmente.
04:29
That in the middlemeio is my man BaakirBaakir,
Ali no meio está o meu caro Baakir,
04:33
standingparado in frontfrente of
BlackStarBlackStar BooksLivros and CaffeCaffe,
de pé em frente do
BlackStar Books and Caffe
04:36
whichqual he runscorre out of partparte of his housecasa.
que ele gere numa parte da sua casa.
Quando entramos, o Baakir
cumprimenta-nos com um
04:38
As you walkandar in the doorporta,
04:40
BaakirBaakir greetsCumprimenta you
with a "WelcomeBem-vindo blackPreto home."
"Bem-vindo à 'casa negra'."
04:43
(LaughterRiso)
(Risos)
Uma vez lá dentro, podemos pedir
frango seco à moda da Argélia,
04:46
OnceVez insidedentro, you can orderordem
some AlgiersAlgiers jerkempurrão chickenfrango,
talvez um hambúrguer de noz vegan,
04:50
perhapspossivelmente a veganvegan walnutnoz burgerhambúrguer,
04:53
or jiveJive turkeyPeru sammichsanduba.
ou "sammich" de peru "jive".
04:55
And that's sammichsanduba -- not sandwichsanduíche.
É "sammich" — não é sanduíche.
Temos mesmo que terminar
a refeição com uma gota de leitelho,
04:58
You mustdevo finishterminar your mealrefeição
with a buttermilksoro de leite coalhado dropsolta,
que está vários furos
acima do buraco do "donut"
05:02
whichqual is severalde várias stepspassos aboveacima a donutdonut holeburaco
05:05
and madefeito from a very secretsegredo familyfamília recipereceita.
e é feito com uma receita
de família muito secreta.
A sério, é mesmo muito
secreta, ele não a vai revelar.
05:08
For realreal, it's very secretsegredo,
he won'tnão vai tell you about it.
Mas o BlackStar é muito mais
do que um café.
05:11
But BlackStarBlackStar is much more than a cafCAFé.
É onde os miúdos do bairro,
vão buscar ajuda
05:15
For the kidsfilhos in the neighborhoodVizinhança,
05:16
it's a placeLugar, colocar to go after schoolescola
to get help with homeworkdever de casa.
para os trabalhos de casa
depois da escola.
05:19
For the grown-upsadultos, it's where they go
É onde os adultos vão para saber
as últimas novidades do bairro
05:21
to find out what's going on
in the neighborhoodVizinhança
e para conversar com os amigos.
05:23
and catchpegar up with friendsamigos.
05:25
It's a performancedesempenho venuelocal de encontro.
É um local de espetáculos.
05:26
It's a home for poetspoetas,
musiciansmúsicos and artistsartistas.
É o lar de poetas, músicos e artistas.
Baakir e a sua companheira Nicole,
05:30
BaakirBaakir and his partnerparceiro NicoleNicole,
05:32
with theirdeles babybebê girlmenina strappedamarrada to her back,
com a sua filha bebé às costas,
05:34
are there in the mixmisturar of it all,
estão ali no meio de tudo isto,
a servir um cafezinho,
05:36
servingservindo up a cupcopo of coffeecafé,
a ensinar uma criança a jogar mancala,
05:38
teachingensino a childcriança how to playToque MancalaMancala,
05:40
or paintingpintura a signplaca
for an upcomingpróximos communitycomunidade eventevento.
ou a pintar um cartaz
para o próximo evento comunitário.
05:44
I have workedtrabalhou with and learnedaprendido
from people just like them
Tenho aprendido e trabalhado
com pessoas como estas,
05:48
for more than 20 yearsanos.
há mais de vinte anos.
05:50
I have organizedorganizado
againstcontra the prisonprisão systemsistema,
Mobilizei-me contra o sistema prisional,
05:52
whichqual impactsimpactos poorpobre folkspessoal,
que afeta pessoas pobres
05:55
especiallyespecialmente blackPreto, indigenousindígena
and LatinoLatino folkspessoal,
— especialmente negros,
indígenas e latinos —
05:57
at an alarmingalarmante ratetaxa.
a um ritmo alarmante.
05:59
I have workedtrabalhou with youngjovem people
who manifestmanifesto hopeesperança and promisepromessa,
Trabalhei com jovens promissores
que manifestam esperança,
06:03
despiteapesar de beingser at the effectefeito of racistracista
disciplinedisciplina practicespráticas in theirdeles schoolsescolas,
apesar de serem afetados por práticas
de disciplina racista na escola,
e por violência por parte da polícia
nas suas comunidades.
06:07
and policepolícia violenceviolência in theirdeles communitiescomunidades.
06:10
I have learnedaprendido from familiesfamílias
Eu aprendi com famílias
06:12
who are unleashingdesencadeando
theirdeles ingenuityingenuidade and tenacitytenacidade
que estão a desabrochar o seu
engenho e persistência
06:16
to collectivelycoletivamente createcrio
theirdeles ownpróprio solutionssoluções.
para criar soluções em conjunto.
06:18
And they're not just focusedfocado on moneydinheiro.
E não estão preocupados só com o dinheiro.
06:20
They're addressingendereçamento educationEducação,
housinghabitação, healthsaúde, communitycomunidade --
Tratam da educação, da habitação,
da saúde e da comunidade,
06:24
the things that we all careCuidado about.
as coisas com que todos
nos preocupamos.
06:28
EverywhereEm todos os lugares I go,
A qualquer lado que vá,
06:29
I see people who are brokequebrou but not brokenpartido.
vejo pessoas que não têm dinheiro,
mas que são ricas.
Vejo pessoas que lutam
para concretizar as suas boas ideias
06:33
I see people who are strugglinglutando
to realizeperceber theirdeles good ideasidéias,
06:37
so that they can createcrio
a better life for themselvessi mesmos,
para poderem criar uma vida melhor
para si, para as suas
famílias e para as comunidades.
06:39
theirdeles familiesfamílias, theirdeles communitiescomunidades.
06:43
JobanaJobana, SintiaSintia, BerthaBertha, TheresaTheresa
and BaakirBaakir are the ruleregra,
A Jobana, a Sintia, a Bertha,
a Theresa e o Baakir
são a regra,
não são a brilhante exceção.
06:49
not the shinybrilhante exceptionexceção.
Eu sou a exceção.
06:51
I am the exceptionexceção.
Fui criada por uma mãe solteira,
uma guerreira silenciosa,
06:54
I was raisedlevantado by a quietlysilenciosamente fierceferoz
singlesolteiro mothermãe in RochesterRochester, NewNovo YorkYork.
em Rochester, Nova Iorque.
06:59
I was bussedtrabalhou nas to a schoolescola
in the suburbssubúrbios, from a neighborhoodVizinhança
Ia de autocarro para
uma escola suburbana
vinda de um bairro que muitos
colegas e pais consideravam perigoso.
07:02
that manymuitos of my classmatescolegas de classe
and theirdeles parentsparentes consideredconsiderado dangerousperigoso.
07:06
At eightoito, I was a latchkeychave kidcriança.
Aos 8 anos, eu era
uma criança independente.
07:08
I'd get myselfEu mesmo home after schoolescola everycada day
and do homeworkdever de casa and chorestarefas,
Voltava para casa sozinha todos os dias,
fazia os trabalhos de casa,
as tarefas domésticas
07:13
and wait for my mothermãe to come home.
e esperava que a minha mãe
regressasse a casa.
07:15
After schoolescola, I'd go to the cornercanto storeloja
Depois da escola ia à loja da esquina,
07:17
and buyComprar a can of ChefCozinheiro chefe BoyardeeBoyardee ravioliravióli,
e comprava uma lata
de raviolis Chef Boyardee,
07:20
whichqual I'd heatcalor up on the stovefogão
as my afternoontarde snacklanche.
que aquecia no fogão e comia ao lanche.
Se tivesse um dinheirinho extra
comprava uma tarte de fruta Hostess...
07:23
If I had a little extraextra moneydinheiro,
I'd buyComprar a HostessAnfitriã FruitFrutas PieTorta.
07:25
(LaughterRiso)
(Risos)
07:27
CherryCereja.
... de cereja.
07:28
Not as good as a buttermilksoro de leite coalhado dropsolta.
Não era tão bom
quanto uma gota de leitelho.
07:29
(LaughterRiso)
Éramos pobres quando eu era criança,
07:30
We were poorpobre when I was a kidcriança.
07:32
But now, I ownpróprio a home
in a quicklyrapidamente gentrifyinggentrificação neighborhoodVizinhança
Mas hoje, tenho uma casa num bairro
que rapidamente se está a valorizar,
em Oakland, na Califórnia.
07:36
in OaklandOakland, CaliforniaCalifórnia.
07:38
I've builtconstruído a careercarreira.
Construí uma carreira.
07:40
My husbandmarido is a businesso negócio ownerproprietário.
O meu marido tem um negócio.
07:43
I have a retirementaposentadoria accountconta.
Tenho uma conta para a reforma.
07:46
My daughterfilha is not even allowedpermitido
to turnvirar on the stovefogão
A minha filha nem está autorizada
a ligar o fogão
07:48
unlessa menos que there's a grown-upadulto at home
se não houver um adulto em casa,
07:50
and she doesn't have to,
e não precisa, porque não precisa
de ter a independência
07:51
because she does not have to have
the samemesmo kindtipo of self-relianceautosuficiência
que eu tinha na idade dela.
07:54
that I had to at her ageera.
07:56
My kids'das crianças raviolisraviolis are organicorgânico
Os raviolis que os meus filhos
comem são orgânicos
07:59
and fullcheio of things
like spinachespinafre and ricottaricota,
e recheados de ingredientes
como espinafres e ricotta
08:01
because I have the luxuryluxo of choiceescolha
porque eu posso dar-me
ao luxo de escolher
aquilo que dou de comer aos meus filhos.
08:04
when it comesvem to what my childrencrianças eatcomer.
08:06
I am the exceptionexceção,
Eu sou a exceção,
08:08
not because I'm more talentedtalentoso than BaakirBaakir
não porque tenha
mais talento do que o Baakir
08:10
or my mothermãe workedtrabalhou any hardermais difíceis
than JobanaJobana, SintiaSintia or BerthaBertha,
nem porque a minha mãe
tenha trabalhado mais
do que a Jobana, a Sintia ou a Bertha,
08:14
or caredcuidei any more than TheresaTheresa.
ou se tenha preocupado
mais do que a Theresa.
As comunidades marginalizadas
08:17
MarginalizedMarginalizados communitiescomunidades are fullcheio
of smartinteligente, talentedtalentoso people,
estão cheias de pessoas
inteligentes e talentosas,
que se dedicam, inovam e trabalham,
08:22
hustlingagitadas and workingtrabalhando and innovatinginovando,
08:24
just like our mosta maioria reveredreverenciado
and mosta maioria rewardedrecompensado CEOsCEOs.
tal como os nossos diretores executivos
mais aclamados e recompensados.
Estão cheias de pessoas
que se agarram à sua persistência.
08:28
They are fullcheio of people
tappingtocando into theirdeles resilienceresiliência
Acordam todos os dias de manhã,
mandam os filhos para a escola,
08:31
to get up everycada day,
get the kidsfilhos off to schoolescola
08:34
and go to jobsempregos that don't paypagamento enoughsuficiente,
vão para empregos
que não pagam o suficiente,
08:36
or get educationseducações
that are puttingcolocando them in debtdívida.
ou vão estudar, criando dívidas enormes.
08:38
They are fullcheio of people applyingaplicando
theirdeles savvyesclarecido intelligenceinteligência
Estão cheias de pessoas que usam
a sua inteligência habilidosa
para esticar um ordenado mínimo,
08:43
to stretchesticam a minimummínimo wagesalário paychecksalário,
ou para conciliar um emprego
e um biscate ao mesmo tempo,
08:46
or balanceequilibrar a jobtrabalho and a sidelado hustleencontrão
to make endstermina meetConheça.
para fazer face às despesas.
08:49
They are fullcheio of people
doing for themselvessi mesmos and for othersoutras,
Estão cheias de pessoas
que fazem por eles e pelos outros,
seja ir buscar medicamentos
para um vizinho idoso,
08:53
whetherse it's pickingescolhendo up medicationmedicação
for an elderlyidosos neighborvizinho,
08:56
or lettingde locação a siblingirmão borrowpedir emprestado some moneydinheiro
to paypagamento the phonetelefone billconta,
ou emprestar dinheiro a um irmão
para pagar a conta do telefone,
ou dar uma olhadela
nos miúdos do bairro
09:00
or just watchingassistindo out
for the neighborhoodVizinhança kidsfilhos
09:02
from the frontfrente stoopvaranda.
pela varanda da frente.
Eu sou a exceção, devido
à sorte e ao privilégio,
09:05
I am the exceptionexceção
because of lucksorte and privilegeprivilégio,
09:08
not hardDifícil work.
não a um trabalho árduo.
09:09
And I'm not beingser modestmodesto
or self-deprecatingauto-depreciativo --
E não estou a ser modesta,
nem auto-depreciativa.
09:12
I am amazingsurpreendente.
Eu sou fantástica.
09:13
(LaughterRiso)
(Risos)
09:14
But mosta maioria people work hardDifícil.
A maior parte
das pessoas trabalha no duro.
09:16
HardDifícil work is the commoncomum
denominatordenominador in this equationequação,
O trabalho árduo é o denominador
comum nesta equação.
09:21
and I'm tiredcansado of the storyhistória we tell
Estou cansada da história que contamos
09:23
that hardDifícil work leadsconduz to successsucesso,
que o trabalho árduo leva ao sucesso
09:26
because that allowspermite --
(Aplausos)
09:27
Thank you.
(Obrigada)
09:28
(ApplauseAplausos)
09:33
... because that storyhistória allowspermite those of us
who make it to believe we deservemerecer it,
Porque essa história permite
que os que conseguem ter êxito
acreditem que o merecem
09:38
and by implicationimplicação,
e, por conseguinte,
09:39
those who don't make it don't deservemerecer it.
que os que não conseguem,
não o merecem.
09:42
We tell ourselvesnós mesmos,
in the back of our mindsmentes,
Dizemos a nós próprios,
no fundo da nossa consciência
09:44
and sometimesas vezes in the frontfrente of our mouthsbocas,
e às vezes à superfície da nossa boca:
09:46
"There mustdevo be something a little wrongerrado
with those poorpobre people."
"Aqueles pobres devem ter
qualquer coisa de errado."
09:49
We have a wideLargo rangealcance of beliefscrenças
Temos um variado leque de crenças
em relação ao que eles terão de errado.
09:51
about what that something wrongerrado is.
Há quem conte a história
de que os pobres
09:53
Some people tell the storyhistória
that poorpobre folkspessoal are lazypreguiçoso freeloadersaproveitadores
são preguiçosos que vivem à conta,
09:56
who would cheatbatota and liementira
to get out of an honesthonesto day'sdias work.
que mentiriam e enganariam
para se esquivar a um dia
de trabalho honesto.
10:00
OthersOutros preferpreferem the storyhistória
that poorpobre people are helplessindefeso
Para outros é a história
de que os pobres são indefesos,
10:03
and probablyprovavelmente had neglectfulnegligente parentsparentes
that didn't readler to them enoughsuficiente,
que provavelmente
tiveram pais negligentes,
que não lhes leram o suficiente,
10:06
and if they were just told what to do
que, se lhes disserem o que fazer
e lhes mostrarem o caminho certo,
10:08
and shownmostrando the right pathcaminho,
10:10
they could make it.
eles conseguirão lá chegar.
10:11
For everycada storyhistória I hearouvir demonizingdemonizar
low-incomebaixa renda singlesolteiro mothersmães
Por cada história que ouço
a denegrir mães solteiras
de baixos rendimentos
10:18
or absenteeausente fatherspais,
ou de pais ausentes
10:19
whichqual is how people
mightpoderia think of my parentsparentes,
— que é o que poderão
pensar dos meus pais —
10:22
I've got 50 that tell a differentdiferente storyhistória
about the samemesmo people,
tenho 50 que contam uma história
diferente sobre as mesmas pessoas,
10:27
showingmostrando up everycada day and doing theirdeles bestmelhor.
que aparecem todos os dias
e dão o seu melhor.
10:30
I'm not sayingdizendo that some
of the negativenegativo storieshistórias aren'tnão são trueverdade,
Não estou a dizer que algumas histórias
negativas não sejam verdade,
mas essas histórias não nos permitem
10:34
but those storieshistórias allowpermitir us
to not really see who people really are,
ver as pessoas tal como elas são realmente
10:40
because they don't paintpintura a fullcheio picturecenário.
porque não contam a verdade por inteiro.
10:43
The quarter-truthstrimestre-verdades and limitedlimitado
plotenredo lineslinhas have us convincedconvencido
As meias verdades
e os enredos limitados
convencem-nos que os pobres
são um problema
10:47
that poorpobre people are a problemproblema
that needsprecisa fixingcorrigindo.
que precisa de ser resolvido.
E se reconhêcessemos que
o que funciona são as pessoas
10:51
What if we recognizedreconhecido
that what's workingtrabalhando is the people
e o que não funciona
é a nossa abordagem?
10:55
and what's brokenpartido is our approachabordagem?
10:58
What if we realizedpercebi that the expertsespecialistas
we are looking for,
E se percebêssemos que os
peritos que procuramos,
os peritos que devíamos seguir,
11:01
the expertsespecialistas we need to followSegue,
11:03
are poorpobre people themselvessi mesmos?
são, na verdade, as pessoas pobres?
11:05
What if, insteadem vez de of imposingimponente solutionssoluções,
E se, em vez de impormos soluções,
nos limitássemos a alimentar
a chama que já arde neles?
11:08
we just addedadicionado firefogo
11:10
to the already-burningJá queima flameflama
that they have?
Sem dirigi-los,
sem sequer emancipá-los
11:13
Not directingdirecionando --
11:16
not even empoweringcapacitação --
mas apenas dando gás
às suas iniciativas.
11:18
but just fuelingalimentando theirdeles initiativeiniciativa.
Um pouco a norte daqui,
11:22
Just northnorte of here,
11:23
we have an exampleexemplo
of what this could look like:
temos um exemplo do que
isto poderia parecer:
11:26
SiliconSilício ValleyVale.
Silicon Valley.
11:28
A wholetodo venturerisco capitalcapital industryindústria
has growncrescido up around the beliefcrença
Toda uma indústria de capital de risco
cresceu com base na ideia
de que, se as pessoas têm boas ideias
11:32
that if people have good ideasidéias
and the desiredesejo to manifestmanifesto them,
e o desejo de as manifestar,
11:37
we should give them lots
and lots and lots of moneydinheiro.
devemos dar-lhes muito,
mas mesmo muito dinheiro.
11:41
(LaughterRiso)
(Risos)
11:42
Right? But where is our strategyestratégia
for TheresaTheresa and BaakirBaakir?
Certo? Mas qual é a nossa estratégia
para a Theresa e o Baakir?
Não há incubadoras para eles,
11:47
There are no incubatorsincubadoras for them,
11:49
no acceleratorsaceleradores, no fellowshipsbolsas de estudo.
não há aceleradores nem camaradagem.
De que forma são a Jobana, a Sintia
e a Bertha assim tão diferentes
11:52
How are JobanaJobana, SintiaSintia and BerthaBertha
really all that differentdiferente
11:56
from the MarkMark ZuckerbergsZuckerbergs of the worldmundo?
dos Mark Zuckerbergs deste mundo?
11:58
BaakirBaakir has experienceexperiência and a trackpista recordregistro.
Baakir tem experiência
e um bom historial.
12:01
I'd put my moneydinheiro on him.
Eu apostaria dinheiro nele.
12:04
So, considerconsiderar this an invitationconvite
to rethinkrepensar a flawedfalho strategyestratégia.
Por isso, considerem isto um convite
para repensar uma estratégia defeituosa.
12:12
Let's graspaperto this opportunityoportunidade
Aproveitemos esta oportunidade
12:14
to let go of a tiredcansado, faultycom defeito narrativenarrativa
para deixar para trás
uma narrativa esgotada e imperfeita,
12:18
and listen and look for trueverdade storieshistórias,
para procurarmos ouvir
histórias verdadeiras,
12:21
more beautifullybelas complexcomplexo storieshistórias,
histórias complexamente mais belas
12:23
about who marginalizedmarginalizados people
and familiesfamílias and communitiescomunidades are.
sobre quem são as pessoas,
as famílias e as comunidades
marginalizadas.
12:31
I'm going to take a minuteminuto
to speakfalar to my people.
Vou usar um minute para falar ao meu povo.
12:39
We cannotnão podes wait
Não podemos esperar
12:41
for somebodyalguém elseoutro to get it right.
que sejam outras pessoas a conseguir isto.
12:45
Let us rememberlembrar what we are capablecapaz of;
Lembremo-nos do que somos capazes;
12:48
all that we have builtconstruído
with bloodsangue, sweatsuor and dreamssonhos;
tudo o que já construímos
com sangue, suor e sonhos;
12:52
all the cogsrodas dentadas that keep turninggiro;
as engrenagens que continuam a girar;
12:54
and the people keptmanteve afloatà tona
because of our backbreakingbackbreaking work.
e as pessoas que se mantêm à superfície
por causa do nosso trabalho árduo.
12:57
Let us rememberlembrar that we are magicMagia.
Lembremo-nos de que somos mágicos.
13:00
If you need some inspirationinspiração
to jogjog your memorymemória,
Se precisam de inspiração
para reavivar a memória,
13:03
readler OctaviaOctavia Butler'sDo mordomo
"ParableParábola of the SowerSemeador."
leiam "Parable of the Sower"
de Octavia Butler.
13:06
Listen to ReverendReverendo King'sDo rei
"LetterCarta from BirminghamBirmingham JailPrisão."
Oiçam "Letter from Birmingham Jail"
do reverendo King.
13:10
Listen to SuheirSuheir HammadHammad reciterecitar
"First WritingEscrita SinceDesde,"
Oiçam Suheir Hammad declamar
o poema "First Writing Since"
13:14
or EsperanzaEsperanza SpaldingSpalding
performexecutar "BlackPreto GoldOuro."
ou Esperanza Spalding a
interpretar "Black Gold."
13:17
SetConjunto your gazeolhar uponsobre the artarte
of KehindeDaiana WileyWiley
Ponham os olhos
na arte de Kehinde Wiley
13:20
or FaviannaFavianna RodriguezRodriguez.
ou Favianna Rodriguez.
13:22
Look at the handsmãos of your grandmotheravó
Olhem para as mãos da vossa avó
13:28
or into the eyesolhos of someonealguém who lovesO amor é you.
ou para os olhos de alguém que vos ama.
Nós somos mágicos!
13:32
We are magicMagia.
Individualmente não temos
muita riqueza nem poder,
13:35
IndividuallyIndividualmente, we don't have
a lot of wealthriqueza and powerpoder,
13:37
but collectivelycoletivamente, we are unstoppableimparável.
mas juntos somos imparáveis.
13:42
And we spendgastar a lot of our time and energyenergia
E gastamos muito do nosso tempo e energia
a organizar o nosso poder
13:44
organizingorganizando our powerpoder to demandexigem changemudança
from systemssistemas that were not madefeito for us.
para exigir mudanças de sistemas
que não foram criados para nós.
13:51
InsteadEm vez disso of tryingtentando to alterALTER
the fabrictecido of existingexistir waysmaneiras,
Em vez de tentar alterar a estrutura
das formas existentes de fazer as coisas,
13:55
let's weavetecer and cutcortar some fierceferoz newNovo clothpano.
vamos criar e desenvolver
novos alicerces aguerridos.
Usemos algum do nosso poder
coletivo substancial
13:58
Let's use some of our
substantialsubstancial collectivecoletivo powerpoder
para inventar e dar vida
14:01
towardem direção a inventinginventando and bringingtrazendo to life
14:03
newNovo waysmaneiras of beingser that work for us.
a novas maneiras de fazer as coisas
que funcionem para nós.
Desmond Tutu fala
sobre o conceito de "ubuntu",
14:07
DesmondDesmond TutuTutu talksfala
about the conceptconceito of ubuntuUbuntu,
14:12
in the contextcontexto of SouthSul Africa'sDo África
TruthVerdade and ReconciliationReconciliação processprocesso
no contexto do processo de
Verdade e Reconciliação da África do Sul,
14:16
that they embarkedembarcou on after apartheidapartheid.
que se iniciou depois do "apartheid".
14:18
He saysdiz it meanssignifica,
Ele diz que "ubuntu" quer dizer:
14:20
"My humanityhumanidade is caughtapanhado up,
is inextricablyinextricavelmente boundlimite up, in yoursSua;
"A minha humanidade está envolta,
"está intrinsecamente ligada à tua.
14:26
we belongpertencer to a bundleagrupar of life."
"Nós pertencemos a
um pacote de vida."
14:32
A bundleagrupar of life.
Um pacote de vida.
O processo de Verdade e Reconciliação
14:36
The TruthVerdade and ReconciliationReconciliação processprocesso
14:37
startedcomeçado by elevatingelevação
the voicesvozes of the unheardinédito.
começou por elevar as vozes
de quem não era ouvido.
14:42
If this countrypaís is going to liveviver up to its
promisepromessa of libertyliberdade and justicejustiça for all,
Se este país for realmente
cumprir com a sua promessa
de liberdade e justiça para todos,
14:48
then we need to elevateelevar
the voicesvozes of our unheardinédito,
então temos de elevar as vozes
de quem não é ouvido,
14:51
of people like JobanaJobana,
SintiaSintia and BerthaBertha,
de pessoas como a Jobana,
a Sintia, e a Bertha,
14:54
TheresaTheresa and BaakirBaakir.
como a Theresa e o Baakir.
14:57
We mustdevo leveragealavancagem theirdeles solutionssoluções
and theirdeles ideasidéias.
Devemos aproveitar ao máximo
as suas ideias e soluções.
15:01
We mustdevo listen to theirdeles trueverdade storieshistórias,
Devemos ouvir as
suas verdadeiras histórias,
15:04
theirdeles more beautifullybelas complexcomplexo storieshistórias.
As suas histórias
complexamente mais belas.
15:07
Thank you.
Obrigada.
15:09
(ApplauseAplausos)
(Aplausos)
Translated by Mafalda Cruz Ferreira
Reviewed by Margarida Ferreira

▲Back to top

About the speaker:

Mia Birdsong - Family activist
Mia Birdsong advocates for strong communities and the self-determination of everyday people.

Why you should listen

Mia Birdsong has spent more than 20 years fighting for the self-determination and pointing out the brilliant adaptations of everyday people. In her current role as co-director of Family Story, she is updating this nation's outdated picture of the family in America (hint: rarely 2.5 kids and two heterosexual parents living behind a white picket fence). Prior to launching Family Story, Birdsong was the vice president of the Family Independence Initiative, an organization that leverages the power of data and stories to illuminate and accelerate the initiative low-income families take to improve their lives.

Birdsong, whose 2015 TED talk "The story we tell about poverty isn't true" has been viewed more than 1.5 million times, has been published in the Stanford Social Innovation Review, Slate, Salon and On Being. She speaks on economic inequality, race, gender and building community at universities and conferences across the country. She co-founded Canerow, a resource for people dedicated to raising children of color in a world that reflects the spectrum of who they are.  

Birdsong is also modern Renaissance woman. She has spent time organizing to abolish prisons, teaching teenagers about sex and drugs, interviewing literary luminaries like Edwidge Danticat, David Foster Wallace and John Irving, and attending births as a midwifery apprentice. She is a graduate of Oberlin College, an inaugural Ascend Fellow of The Aspen Institute and a New America California Fellow. She sits on the Board of Directors of Forward Together.

More profile about the speaker
Mia Birdsong | Speaker | TED.com