English-Video.net comment policy

The comment field is common to all languages

Let's write in your language and use "Google Translate" together

Please refer to informative community guidelines on TED.com

TEDMED 2014

Rosie King: How autism freed me to be myself

Rosie King: Como o autismo me libertou para ser eu mesma

Filmed
Views 2,377,912

"As pessoas têm tanto medo da diversidade que tentam encaixar tudo em caixinhas com um rótulo específico", diz Rosie King, de 16 anos, que é atrevida, impetuosa e autista. Ela quer saber: Porque é que toda a gente se preocupa em ser normal? Ela soa como um toque de clarim para que todas as crianças, pais, professores e pessoas festejem o extraordinário. É um testemunho impetuoso do potencial da diversidade humana.

- Storytelling activist
Rosie King challenges stereotypes of people with autism and contextualizes the issue by asking us, “Why be normal?” Full bio

I haven'tnão tem told manymuitos people this,
Eu não disse isto a muitas pessoas
00:12
but in my headcabeça, I've got
mas na minha cabeça
00:14
thousandsmilhares of secretsegredo worldsos mundos all going on
tenho milhares de mundos secretos
00:16
all at the samemesmo time.
a trabalhar todos ao mesmo tempo.
00:18
I am alsoAlém disso autisticautista.
Também sou autista.
00:21
People tendtende to diagnosediagnosticar autismautismo
As pessoas tendem a diagnosticar o autismo
00:23
with really specificespecífico
check-boxcaixa de seleção descriptionsdescrições,
com descrições específicas padronizadas,
00:25
but in realityrealidade, it's a wholetodo
variationvariação as to what we're like.
mas, na realidade,
temos uma gama variada de autistas.
00:28
For instanceinstância, my little brotherirmão,
Por exemplo, o meu irmão mais novo
é profundamente autista.
00:31
he's very severelyseveramente autisticautista.
Ele é não-verbal, não fala nada.
00:33
He's nonverbalnão-verbal. He can't talk at all.
Mas eu gosto de falar.
00:35
But I love to talk.
É comum associar o autismo
00:37
People oftenfrequentemente associateassociar autismautismo
com o gosto pela matemática,
pela ciência e nada mais,
00:40
with likinggosto mathsmatemática and
scienceCiência and nothing elseoutro,
mas eu conheço muitos autistas
00:43
but I know so manymuitos autisticautista people
que gostam de ser criativos.
00:46
who love beingser creativecriativo.
Isso é um estereótipo,
00:47
But that is a stereotypeestereótipo,
e os estereótipos normalmente,
00:50
and the stereotypesestereótipos of things
senão sempre, estão errados.
00:52
are oftenfrequentemente, if not always, wrongerrado.
Por exemplo, muitas pessoas
00:54
For instanceinstância, a lot of people
pensam em autismo
e pensam logo em "Rain Man".
00:57
think autismautismo and think
"RainChuva Man" immediatelyimediatamente.
É a crença comum,
01:00
That's the commoncomum beliefcrença,
que todo o autista é Dustin Hoffman,
01:04
that everycada singlesolteiro autisticautista
personpessoa is DustinDustin HoffmanHoffman,
e isso não é verdade.
01:06
and that's not trueverdade.
(Risos)
01:09
But that's not just with
autisticautista people, eitherou.
Mas isso não acontece
apenas com os autistas,
01:12
I've seenvisto it with LGBTQLGBTQ people,
Já vi acontecer o mesmo com os LGBTQ,
01:15
with womenmulheres, with POCPOC people.
com mulheres, com negros.
01:17
People are so afraidreceoso of varietyvariedade
As pessoas têm tanto medo do "diferente"
01:19
that they try to fitem forma everything
into a tinyminúsculo little boxcaixa
que tentam meter tudo em caixinhas
01:22
with really specificespecífico labelsrótulos.
com rótulos específicos.
01:25
This is something that actuallyna realidade
Isso é uma coisa
que aconteceu comigo na vida real.
01:27
happenedaconteceu to me in realreal life:
Pesquisei no Google:
"pessoas autistas são..."
01:29
I googledPesquisei no Google "autisticautista people are ..."
e aparecem sugestões
01:31
and it comesvem up with suggestionssugestões
para o que podemos querer escrever.
01:34
as to what you're going to typetipo.
Eu escrevi: "pessoas autistas são..."
01:36
I googledPesquisei no Google "autisticautista people are ..."
e o primeiro resultado foi "demónios".
01:38
and the toptopo resultresultado was "demonsdemônios."
É o primeiro pensamento das pessoas
01:40
That is the first thing that people think
quando pensam em autismo
01:43
when they think autismautismo.
Elas sabem.
01:45
They know.
(Risos)
01:47
(LaughterRiso)
Uma das coisas que eu consigo fazer,
porque sou autista
01:49
One of the things I can do
because I'm autisticautista
— é mais uma capacidade
do que uma deficiência —
01:56
it's an abilityhabilidade ratherem vez than a disabilityDeficiência
é que eu tenho uma imaginação muito viva.
01:59
is I've got a very, very vividvívido imaginationimaginação.
Vou explicar um pouco.
02:01
Let me explainexplicar it to you a bitpouco.
É como se eu vivesse em
dois mundos ao mesmo tempo.
02:05
It's like I'm walkingcaminhando in two
worldsos mundos mosta maioria of the time.
Há o mundo real,
o mundo em que nós todos vivemos
02:06
There's the realreal worldmundo,
the worldmundo that we all sharecompartilhar,
e há o mundo na minha cabeça.
02:09
and there's the worldmundo in my mindmente,
Esse mundo na minha cabeça
é muitas vezes mais real
02:11
and the worldmundo in my mindmente
is oftenfrequentemente so much more realreal
do que o mundo real.
02:13
than the realreal worldmundo.
Por exemplo, é muito fácil para mim
perder-me nos pensamentos
02:16
Like, it's very easyfácil for
me to let my mindmente loosesolto
porque eu não tento
encaixar-me numa caixinha.
02:19
because I don't try and fitem forma
myselfEu mesmo into a tinyminúsculo little boxcaixa.
Isso é uma das coisas boas em ser autista.
02:22
That's one of the bestmelhor
things about beingser autisticautista.
Não sentimos necessidade de fazer isso.
02:25
You don't have the urgeimpulso to do that.
Encontramos o que queremos fazer,
02:27
You find what you want to do,
encontramos uma forma de fazê-lo,
e avançamos.
02:29
you find a way to do it,
and you get on with it.
Se eu tentasse encaixar-me numa caixa,
02:32
If I was tryingtentando to fitem forma myselfEu mesmo into a boxcaixa,
não estaria aqui, não teria conquistado
02:35
I wouldn'tnão seria be here, I
wouldn'tnão seria have achievedalcançado
metade das coisas que tenho hoje.
02:37
halfmetade the things that I have now.
Há problemas, é claro.
02:39
There are problemsproblemas, thoughApesar.
Há problemas em ser autista
02:41
There are problemsproblemas with beingser autisticautista,
e há problemas em ter imaginação a mais.
02:43
and there are problemsproblemas with
havingtendo too much imaginationimaginação.
A escola geralmente é um problema,
02:45
SchoolEscola can be a problemproblema in generalgeral,
mas ter que explicar a uma professora,
02:48
but havingtendo alsoAlém disso to explainexplicar to a teacherprofessor
todos os dias,
02:50
on a dailydiariamente basisbase
que a lição dela é
inexplicavelmente aborrecida
02:54
that theirdeles lessonlição is inexplicablyinexplicavelmente dullmaçante
e que estamos a refugiar-nos secretamente
02:56
and you are secretlysecretamente takinglevando refugerefúgio
num mundo dentro da nossa cabeça
e que não ligamos à lição,
03:00
in a worldmundo insidedentro your headcabeça in
whichqual you are not in that lessonlição,
isso amplia a nossa lista de problemas.
03:02
that addsacrescenta to your listLista of problemsproblemas.
(Risos)
03:06
(LaughterRiso)
Quando a minha imaginação dispara,
03:10
AlsoTambém, when my imaginationimaginação takes holdaguarde,
o meu corpo ganha vida própria.
03:12
my bodycorpo takes on a life of its ownpróprio.
Quando acontece qualquer coisa
muito empolgante no meu mundo,
03:16
When something very excitingemocionante
happensacontece in my innerinterior worldmundo,
eu tenho que correr.
03:18
I've just got to runcorre.
Tenho que balançar
para a frente e para trás,
03:21
I've got to rockRocha backwardspara trás and forwardspara a frente,
ou, às vezes, tenho que gritar.
03:22
or sometimesas vezes screamgrito.
Isto dá-me muita energia,
03:24
This gives me so much energyenergia,
e preciso de escoar essa energia.
03:26
and I've got to have an
outletsaída for all that energyenergia.
Mas sempre fiz isso desde que era criança,
03:28
But I've donefeito that ever
sinceDesde a I was a childcriança,
desde pequenina.
03:31
ever sinceDesde a I was a tinyminúsculo little girlmenina.
Os meus pais achavam amoroso
e não me repreendiam
03:33
And my parentsparentes thought it was
cutebonito, so they didn't bringtrazer it up,
mas, quando fui para a escola,
03:35
but when I got into schoolescola,
não acharam que isso era amoroso.
03:38
they didn't really agreeaceita that it was cutebonito.
Pode acontecer que as pessoas
não queiram ser amigas
03:39
It can be that people
don't want to be friendsamigos
duma menina que
começa a gritar na aula de algebra.
03:42
with the girlmenina that startscomeça
screaminggritando in an algebraálgebra lessonlição.
Isso, normalmente,
não acontece hoje em dia,
03:44
And this doesn't normallynormalmente
happenacontecer in this day and ageera,
mas as pessoas podem não querer
ser amigas da rapariga autista.
03:47
but it can be that people don't want
to be friendsamigos with the autisticautista girlmenina.
Pode ser que as pessoas
não queiram ser associadas
03:51
It can be that people
don't want to associateassociar
a alguém que não quer
ou não se consegue encaixar
03:55
with anyonealguém who won'tnão vai
or can't fitem forma themselvessi mesmos
numa caixa com o rótulo de "normal".
03:58
into a boxcaixa that's labeledrotulado normalnormal.
Para mim, tudo bem,
04:01
But that's fine with me,
porque separa o trigo do joio.
04:04
because it sortstipos the wheattrigo from the chaffjoio,
Posso descobrir quais
as pessoas genuínas e verdadeiras
04:06
and I can find whichqual people
are genuinegenuíno and trueverdade
e posso escolher essas pessoas
como minhas amigas.
04:08
and I can pickescolher these people as my friendsamigos.
Mas, pensando bem, o que é ser normal?
04:11
But if you think about it, what is normalnormal?
O que é que isso significa?
04:13
What does it mean?
Imaginem, se isso fosse
o melhor elogio que recebessem:
04:17
ImagineImagine if that was the bestmelhor
complimentelogio you ever receivedrecebido.
"Uau, tu és mesmo normal!"
04:19
"WowUau, you are really normalnormal."
(Risos)
04:21
(LaughterRiso)
Mas os elogios são:
04:24
But complimentscom os cumprimentos are,
"Tu és extraordinária"
04:25
"you are extraordinaryextraordinário"
ou "Tu és fora do vulgar".
04:29
or "you stepdegrau outsidelado de fora the boxcaixa."
É "Tu és espantosa."
04:30
It's "you're amazingsurpreendente."
Se as pessoas querem ser essas coisas,
04:32
So if people want to be these things,
porque é que tantas pessoas
se esforçam para ser normais?
04:33
why are so manymuitos people
strivingesforçando-se to be normalnormal?
Porque é que as pessoas despejam
os seus talentos individuais num molde?
04:35
Why are people pouringderramando theirdeles
brilliantbrilhante individualIndividual lightluz into a moldmofo?
As pessoas têm tanto medo da diversidade
04:38
People are so afraidreceoso of varietyvariedade
that they try and forceforça everyonetodos,
que tentam forçar toda a gente,
04:43
even people who don't want
to or can't, to becometornar-se normalnormal.
mesmo aqueles que não querem
ou não podem ser normais,
04:48
There are campsacampamentos for LGBTQLGBTQ people
Há acampamentos para os LGBTQ
04:51
or autisticautista people to try and
make them this "normalnormal,"
ou para autistas onde se tenta
fazer deles "normais".
04:54
and that's terrifyingaterrorizante that people
would do that in this day and ageera.
É terrível que as pessoas
ainda façam isso hoje em dia.
04:58
All in all, I wouldn'tnão seria tradecomércio my autismautismo
and my imaginationimaginação for the worldmundo.
Em suma, eu não trocaria o meu autismo
e a minha imaginação pelo mundo.
05:02
Because I am autisticautista,
Como sou autista,
05:07
I've presentedapresentado documentariesdocumentários to the BBCBBC,
apresentei documentários para a BBC.
05:09
I'm in the midstmeio of writingescrevendo a booklivro,
Estou a escrever um livro.
05:12
I'm doing this — this is fantasticfantástico
Estou a fazer isto — é fantástico.
05:14
and one of the bestmelhor
things that I've achievedalcançado,
Uma das melhores coisas que já consegui,
05:16
that I considerconsiderar to have achievedalcançado,
que eu considero ter conseguido,
05:19
is I've foundencontrado waysmaneiras of communicatingcomunicando
é que encontrei formas de comunicar
05:22
with my little brotherirmão and sisterirmã,
com o meu irmão e a minha irmã
que, como eu disse, são não-verbais.
05:24
who as I've said are nonverbalnão-verbal.
They can't speakfalar.
Eles não falam.
05:26
And people would oftenfrequentemente writeEscreva
off someonealguém who'squem é nonverbalnão-verbal,
As pessoas quase sempre
afastam-se de alguém que é não-verbal,
05:29
but that's sillyboba, because
my little brotherirmão and sisterirmã
mas isso é estupidez, porque
o meu irmão e a minha irmã
05:32
are the bestmelhor siblingsirmãos that
you could ever hopeesperança for.
são os melhores irmãos
que podíamos esperar.
05:35
They're just the bestmelhor,
and I love them so much
São o máximo e eu amo-os muito.
05:37
and I careCuidado about them
more than anything elseoutro.
Preocupo-me mais com eles
do que com qualquer outra coisa.
05:40
I'm going to leavesair you with one questionquestão:
Vou deixar-vos com uma pergunta:
05:43
If we can't get insidedentro the person'spessoas mindsmentes,
Se não podemos entrar
na cabeça duma pessoa,
05:46
no matterimportam if they're autisticautista or not,
quer ela seja autista ou não,
05:49
insteadem vez de of punishinga castigar anything
that straysvira-latas from normalnormal,
em vez de punir qualquer coisa
que saia da normalidade,
05:51
why not celebratecomemoro uniquenesssingularidade
porque não celebrar o extraordinário
05:54
and cheertorcida everycada time someonealguém
unleashesdesencadeia theirdeles imaginationimaginação?
e brindar sempre que alguém
solta a sua imaginação?
05:56
Thank you.
Obrigada.
06:00
(ApplauseAplausos)
(Aplausos)
06:02
Translated by Michelle Moreira
Reviewed by Margarida Ferreira

▲Back to top

About the speaker:

Rosie King - Storytelling activist
Rosie King challenges stereotypes of people with autism and contextualizes the issue by asking us, “Why be normal?”

Why you should listen
When she was nine years old, doctors confirmed Rosie King’s self-diagnosis of Asperger’s Syndrome. With two younger siblings severely affected by autism, Rosie had a burning desire to help make the world a more tolerant place for people with autism ever since she was a young girl. She found the opportunity to do so when her family was invited to do a local news segment on her mother’s children’s books, which featured Rosie’s illustrations. Her lack of inhibition made her a natural presenter, and she was asked to host BBC Newsround’s special program “My Autism and Me,” bringing her a much wider audience and an Emmy Kid’s Award. Rosie continues to raise awareness about autism, and is working towards her goal of becoming a professional actress and storyteller.
More profile about the speaker
Rosie King | Speaker | TED.com